text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Um olhar amplo no panorama de EAD

      

Por Renata Aquino, de Salvador

Aumenta cada vez mais o número de instituições ligadas à EAD no Brasil. Buscando ampliar a discussão dessa modalidade de ensino e unir diferentes associações do Brasil, a ABED realiza o 11º Congresso Internacional com objetivos ambiciosos. Além de trazer convidados internacionais que irão levantar questões totalmente novas para os brasileiros, a principal organização visa integrar ainda todos os seus pólos nacionais nessa convenção. A ABED é organização sem fins lucrativos, criada em 31 de junho de 1995 por um grupo de educadores interessados em novas tecnologias de aprendizagem e em educação a distância. Entre os objetivos da instituição está o de procurar reduzir as desigualdades causadas pelo isolamento e pela distância dos grandes centros urbanos.

Abertura é marcada por homenagens
O presidente da ABED, Fredric Litto, iniciou a sessão de abertura apresentando os próximos eventos mais importantes de EAD no Brasil. No próximo dia 24 de novembro, acontece o dia nacional de EAD. A próxima edição do congresso de EAD acontece em setembro de 2005 em Florianópolis. Em seguida, Maria Inês Bastos, representante da UNESCO, reafirmou o interesse da organização em EAD especialmente nos países em desenvolvimento.
Adalfredo Almeida expôs a seguir a situação dos cursos de língua portuguesa a distância no Timor Leste, país que começa a resgatar traços culturais importantes após uma dominação de vinte anos pela Indonésia.
Marcelo Menard, do Programa EDUTIC da Argentina, mostrou um panorama de adoção de tecnologias para EAD no contexto sul-americano.
O Brasil fez homenagens a pioneiros da educação a distância na América Latina. A cerimônia foi conduzida por João Roberto Moreira Alves (IPã) e Marcos Formiga (CNPq), ambos da ABED. Os homenageados foram os pioneiros Anísio Teixeira, Carlos SantïAnna e Luiz Navarro de Britto.
O poder federal participou através do representante do senador José Sarney, Heitor Gurgulino da Universidade do Legislativo Brasileiro. A Secretaria de Educação Estadual da Bahia também marcou presença dando boas vindas aos participantes do congresso. A FAPESB (Fundação de Apoio à Pesquisa da Bahia) representou a comunidade científica do estado. O reitor da FTC - BA (Faculdade de Tecnologia e Ciência), enalteceu a EAD e colocou em perspectiva os investimentos da instituição em novos cursos.
O professor Carl Bereiter, da University of Toronto, deu uma palestra sobre Sociedade do Conhecimento e mudanças em educação. Para o cientista, é preciso cada vez mais mudar a educação tradicional para um novo modelo de conhecimento, baseado em novos paradigmas.
A cerimônia distribuiu os prêmios dos vencedores do ABED-Embratel deste ano.
O último participante a se apresentar foi Marcos Dantas, da Secretaria de Educação a Distância do MEC. Para o secretário, é pouca a porcentagem de apenas 10% das escolas brasileiras conectadas à Internet. Em entrevista ao Universia, Dantas revelou que a meta ideal para o MEC seria de dobrar o número até 2007.
Para o presidente da ABED, o tema do congresso de avaliação deve desafiar críticos da EAD este ano. "Para obter sucesso em EAD, é importante estar sempre avaliando e, em investigações realizadas, encontramos que apenas 1% das pesquisas atuais estão destinadas a esse tema e já é hora disso mudar", disse Litto ao Universia.

Tema do congresso
O assunto principal do congresso de 2004 é a avaliação dos cursos de EAD. De acordo com o presidente da ABED Frederic M. Litto, na apresentação oficial do congresso, "esperamos ter expostas, por brasileiros e estrangeiros especializados em avaliação em educação em geral e em EAD especificamente, informações indicando as filosofias, os métodos, as técnicas mais utilizados hoje. Tanto as abordagens quantitativas quanto as qualitativas interessam às instituições brasileiras que atualmente ministram cursos a distância ou que pretendem fazer isso no futuro. Relatórios de experiências bem sucedidas, e avisos aos navegantes sobre perigos variados ao entrar nessa atividade, serão bem-vindos no 11º Congresso".

Encontros paralelos
Além do tema da avaliação, o congresso terá diversos encontros paralelos e cerimônias de premiação. São eles:
- Prêmio ABED/ Universia para objetos e recursos de aprendizagem
- Prêmio de Excelência em Educação a Distância ABED/ Embratel 2004
- I Encontro de Educação a Distância dos Países de Língua Portuguesa
- 4º Comitê Permanente de Dirigentes
- 3º Encontro Estratégico dos Fornecedores de Produtos e Serviços para EAD
- 3º Encontro Estratégico das Universidades Corporativas Brasileiras

Convidados internacionais
Entre outros especialistas, estarão presentes Michãl Scriven, da Claremont University (EUA), Marlene Scaramalia e Carl Bereiter, da University of Toronto (Canadá) e Eva Kampitz, da New England Accrediting Association (EUA). Além destes, são aguardados François Marchessou, do programa Select da União Européia, uma base de dados para treinamento e capacitação coorporativa baseada em Educação a Distância; Rand Spiro, pesquisador de hipermídia dos EUA e Jacques Vauthier, especialista em EAD da UNESCO e projetista e realizador do primeiro curso de Licenciatura em Matemática por Internet na Universidade de Sorbonne.

Congresso online
O Universia estará fazendo a cobertura completa do 11º Congresso Internacional de EAD da ABED. No site oficial da instituição, é possível também acompanhar o congresso online em algumas atividades como os "coffe-breaks virtuais". Há taxas diferenciadas para estudantes, associados e não-associados.

Confira a cobertura completa do Congresso ABED 2004 https://www.universiabrasil.net/abed2004.jsp.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.