text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Tarso ameaça mandar MP sobre o Prouni

      
O ministro Tarso Genro (Educação) disse ontem que irá encaminhar uma proposta de medida provisória para o Prouni (Universidade para Todos), caso o projeto, que está na Câmara, não seja avaliado no próximo esforço concentrado, na semana que vem.

Tarso planeja encaminhar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o acordo feito entre o ministério e as universidades que já aderiram ao projeto para servir de base para uma medida provisória. Segundo o ministro, o acordo envolve 90% do setor e já garantiu 20 mil vagas. Com a aprovação do Congresso, mais 80 mil vagas seriam oferecidas.

Encaminhado ao Congresso no mês passado, o projeto de lei do Prouni prevê a criação de bolsas de estudos integrais para alunos de baixa renda em cursos particulares. Na semana passada, Tarso não comentou planos do MEC para criar o programa por medida provisória se o projeto se arrastar no Legislativo. Ontem, após reunião com as universidades, classificou de "sólido" o acordo.

Na Câmara, o projeto recebeu mais de 300 emendas e sua apreciação já foi adiada duas vezes. O projeto tem ainda de ir ao Senado.

Sobre a MP que cria uma loteria para ajudar a custear o Fies (Programa de Financiamento Estudantil), cujo texto já está na Presidência da República, Tarso disse que acredita na sua edição ainda neste mês.

Ontem, Tarso e o ministro Gilberto Gil (Cultura) acertaram um projeto para a criação da Universidade Federal do Recôncavo Baiano, em Cachoeira (BA).

Fonte: Folha de S.Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.