text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFCG retoma as atividades

      
A Universidade Federal de Campina Grande retoma hoje as atividades normais, depois de exatos dois meses de paralisação provocada pela série de greves que atingiu servidores, professores e alunos da instituição. A volta às aulas foi possibilitada depois que tanto os técnicos-administrativos como os docentes decidiram em assembléias, na última sexta-feira, pôr fim aos seus respectivos movimentos paredistas. Os alunos já haviam encerrado a paralisação há cerca de duas semanas atrás.

Conforme ficou estabelecido pela Pró-Reitoria de Graduação da UFCG, para que não haja prejuízo para os estudantes, principalmente os que residem fora de Campina Grande, durante os primeiros dias do retorno das atividades acadêmicas, as aulas serão dedicadas exclusivamente à revisão de conteúdo e não poderão ser marcadas avaliações por parte dos professores. Os novos conteúdos só começarão a ser aplicado após a aprovação pela Câmara Superior de Ensino do calendário de reposição dos 52 dias letivos suspensos, o que deverá ocorrer apenas na próxima semana.

De acordo com pró-reitora adjunta de graduação da UFCG, professora Selma Araújo, já existe um calendário pré-elaborado pela Pró-reitoria de Graduação e que será colocado como sugestão para Câmara Superior de Ensino. Ela preferiu não antecipar as informações sobre o calendário, mas adiantou que o semestre letivo 2004.1 deverá ser concluído ainda este ano. "A previsão é de que concluiremos o semestre 2004.1 ainda este ano. Agora quanto ao início do 2004.2 só poderemos assegurar a data após a decisão da Câmara Superior", completou.

Como os servidores também confirmaram a volta ao trabalho hoje, está também prevista a volta do funcionamento de serviços como o do Restaurante Universitário, Biblioteca Central e laboratórios. No caso específico do RU, este passará a funcionar com uma novidade. Ao invés das mil refeições que eram servidas diariamente, agora serão 1.250. O aumento de 25% no número de comensais foi uma das conquistas asseguradas durante a greve dos estudantes.

Fonte: Diário da Borborema
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.