text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Arte amplia horizontes

      
Em uma sociedade cada vez mais hedonista, a prática e o ensino das artes surgem como forma de harmonizar e propor uma visão de mundo diferenciada. Por isso, tem sido cada vez mais crescente o número de interessados em se inscrever nos cursos superiores na área. Mas nem todos conseguem freqüentá-los por causa da rígida carga horária. Boa alternativa são cursos de extensão ministrados por instituições públicas, como a Escola Guignard, ligada à Universidade do Estado de Minas Gerais, e a Escola de Belas Artes da UFMG. Ambas estão com inscrições abertas, no momento.

Na Escola de Belas Artes (EBA), as atividades de extensão acontecem em áreas como desenho, pintura, fotografia, teatro, edição de vídeo, ilustração de livros e de moda, conservação de obras de arte e técnicas de dança. As aulas são ministradas no campus da Pampulha, por professores da UFMG, em dias alternados, e estão direcionadas aos maiores de 15 anos. O diferencial da Guignard são cursos em novas áreas de confluência das artes plásticas, como Introdução à performance e videoarte e Fotografia digital. Além deles, a escola ligada à Uemg abriu inscrições para o conhecimento mais tradicional: O desenho como ponto de partida para a criação, Desenho e aquarela, Desenho de criação, Desenho de figura humana, Pintura e Iniciação à fotografia.

O coordenador do Centro de Extensão da EBA Vlad Eugen Poenaru conta que é variado o perfil do público que busca esses conhecimentos. Há desde quem procure se aprimorar para as provas específicas do vestibular, aos interessados em ampliar horizontes culturais. "Boa parte dos estudantes são profissionais consagrados em áreas técnicas, como medicina e engenharia. Em um mundo tão louco, com uma série de inversões de escalas de valores, a arte propõe um lado mais humano, em que a nossa sociedade mais industrializada não presta muita atenção", sugere. O professor Benedikt Wiertz, responsável pelo Centro de Extensão da Guignard, defende que este tipo de atividade contribui para aproximar a universidade da população em geral: "? importante que a universidade contribua para a sociedade civil e a extensão é um espaço de diálogo", conclui.

Cursos de extensão
UFMG ? Inscrições no Conservatório (av. Afonso Pena, 1.534, Centro) ou na Fundep, no campus Pampulha. Informações: (31) 3499-4220 e 3499-5256.

Guignard ? Inscrições só até sexta, no Centro de Extensão (rua Ascânio Burlamarque, 540, Mangabeiras, (31) 3282-1283).

OBS.: Os cursos são pagos e as mensalidades custam, em média, R$ 100.

Fonte: Estado de Minas
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.