text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Portal de Livros disponibilizará bibliografias da graduação

      

Uma parceria entre os ministérios da Educação e de Ciência e Tecnologia irá disponibilizar, na Internet, as bibliografias básicas dos cursos de graduação oferecidos pelas instituições brasileiras de educação superior. O Portal de Livros será uma vasta biblioteca virtual e possibilitará o acesso aos textos integrais dos livros indicados pelos professores e listados nas bibliografias específicas das disciplinas.

Com isso, os parceiros visam superar dificuldades econômicas de aquisição dos títulos por parte dos estudantes e das bibliotecas universitárias e públicas. As baixas tiragens das obras técnicas também são responsáveis pelo alto custo de livros e publicações no mercado, dificultando e até impedindo o acesso de significativa parcela estudantil a obras técnicas de referência e à formação de acervo especializado pessoal.

"Esse distanciamento econômico dos livros gera uma formação deficiente e sem a necessária consistência acadêmica. Os livros são essenciais para uma sólida formação técnica e seu custo elevado impede o acesso e compromete a qualidade dessa formação. O acesso à Internet ainda é muito restrito no Brasil, mas a disponibilização dessas bibliografias básicas vai ajudar muitos estudantes a contornar os obstáculos econômicos para a aquisição dos livros recomendados pelas disciplinas", entende Domingos José de Oliveira, aluno de Administração de Empresas da Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal (ãUDF).

"Cheguei a gastar R$ 200 no mês passado com compras de livros para apenas uma disciplina", afirmou André Luiz de Arruda, aluno de pós-graduação do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Universidade de Brasília, recém-saído do curso de letras.

Recomendação

Para a implementação do Portal de Livros, o Departamento de Projetos Especiais de Modernização e Qualificação, da Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC), enviou ofício aos pró-reitores de graduação das instituições de ensino superior solicitando o encaminhamento das relações de recomendação bibliográfica básica de todos os cursos de graduação de todas as áreas de formação e produção de conhecimento.

Além dos técnicos da SESu e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC), participam da implementação do Portal de Livros, pelo Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e o Programa de Comutação Bibliográfica, ligado ao MEC e MCT. Como suporte técnico e institucional, participa ainda da proposta de criação do Portal de Livros a Comissão Brasileira de Bibliotecas Universitárias (CBBU).

Pirataria

Para o coordenador-geral de Projetos Especiais do IBICT, Hélio Kuramoto, "o portal irá colaborar para diminuir a pirataria na impressão de livros didáticos". A forma de pagamento aos autores e editores ainda está sendo estudada pelas partes envolvidas. "Os direitos dos editores e autores serão preservados e assegurados", afirmou Kuramoto.

Segundo o diretor do Departamento de Projetos Especiais de Modernização e Qualificação (Depem/SESu), Oscar Acselrad, "estamos ainda no início do processo para a implantação do Portal de Livros. ? uma proposta de médio prazo e demandará várias etapas operacionais e de envolvimento com os parceiros. Estamos instituindo um grupo operacional com as instâncias internas do MEC para a viabilização das soluções de infra-estrutura necessárias. Estamos nos esforçando para montar um projeto- piloto até o final de 2004".

Fonte: MEC

ÿ

ÿ

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.