text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Professores terminam a greve, mas semestre vai até 2005

      
Os professores da Universidade de Brasília acataram a recomendação do Comando Nacional e decretaram o fim da greve que já durava cerca de 30 dias. Participaram da assembléia, realizada na manhã de ontem, mais de cem integrantes da Associação de Docentes da Universidade de Brasília (AdUnb). Eles decidiram que as aulas começam em 27 de setembro. Segundo os professores, o movimento foi interrompido porque as forças da instituição estarão concentradas em fazer oposição ao projeto da reforma universitária, que o governo promete enviar ao Congresso Nacional. "Resolvemos recuar para combater a reforma", disse o diretor da AdUnb, Paulo César Marques da Silva.

Em agosto, o governo federal editou uma medida provisória que aumentou o salário dos docentes em todo o país. De acordo com o Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão, houve aumento da Gratificação de Estímulo ao Docente (GED) dos aposentados para 65% do valor dos professores da ativa; incorporação gradual da GED aos salários; e aumento salarial retroativo a 1º de maio deste ano, de até 34%. Os professores fizeram greve em reação à proposta, mas o governo se recusou a fazer novas negociações. O movimento grevista não se sustentou. "A greve já estava enfraquecida", admitiu Paulo César.

Calendário
Para o diretor da AdUnB, o calendário das aulas da universidade não foi prejudicado pelos professores. Os atrasos teriam ocorrido por causa da primeira greve, que envolveu os servidores da UnB e durou mais de dois meses. Depois que os técnicos-administrativos voltaram da paralisação, o calendário teve de ser revisto. A previsão atual é que o segundo semestre letivo de 2004 inicie no dia 27 de setembro e se estenda até 29 de janeiro de 2005.

Para normalizar o calendário prejudicado durante a greve, a Diretoria de Administração Acadêmica (DAA) vai encurtar as férias de verão. Em janeiro de 2005, por exemplo, os estudantes retornam às aulas dias após o réveillon. "Vamos sacrificar o verão. Eles param dia 18 e retornam dia 3", disse Arnaldo César álves, o chefe do DAA.

A UnB já deu início ao prazo de pré-matrícula para os alunos que já fazem curso. As inscrições vão até dia 17 e podem ser feitas pela internet (www.matriculaweb.unb.br) ou na própria universidade. No dia 24 ao 27, haverá a semana de reajuste, quando os alunos poderão reparar possíveis falhas nas matrículas.

Fonte: Correio Braziliense
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.