text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Faculdades da Paraíba

      
Na Paraíba, as instituições de ensino ainda não se posicionaram acerca da matéria. Nos últimos anos, diversas entidades de educação superior se criaram no Estado e muitas estão iniciando processos de seleção. Paralelamente ao Prouni, o Ministério da Educação está fazendo vistoria nas particulares para avaliar se estão oferecendo condições de formação para os profissionais, preocupado com a velocidade de proliferação das faculdades.

A partir do cumprimento do Prouni, centenas de estudantes da Paraíba podem ser beneficiados. Somente o Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) oferece 2400 vagas anuais, divididas em dois semestres, quando são feitas as provas de seleção. São 10 cursos e entre 240 a 960 estudantes podem ser beneficiados com bolsas. Por enquanto, o Unipê ainda não se manifestou sobre o assunto.

José Neto Barreto, chefe de gabinete do reitor Marcos Trindade, disse que a instituição ainda estava analisando as conseqüências da MP que foi "uma surpresa". Segundo Barreto, o reitor do Unipê distribuiu com o Conselho Deliberativo uma cópia do Diário Oficial de ontem para estudo da questão. Para Barreto, um posicionamento só deve sair em até dois dias.

Tentamos localizar os diretores do Iespe e da Faculdade Asper, mas eles se encontravam resolvendo outras questões. O Iespe oferece mais de mil vagas por ano, nos oito cursos que funcionaram, em sua maioria no período noturno. Na instituição, funcionam o Centro de Educação Tecnológico da Paraíba e a Unavida Universidade (Uva). A Faculdade Asper tem 14 cursos e oferta, anualmente, cerca de 1350 vagas. A Asper realiza a seleção juntamente com a Faculdade Paraibana (Fap) que tem quatro cursos e disponibiliza 400 vagas anuais.

Outra instituição particular recente é a Faculdade de Ciências Médicas do Centro Nordestino de Ensino Superior que surgiu há dois anos, com os cursos de Medicina, Nutrição e Fisioterapia, com 240 vagas. Há ainda a Faculdade de Medicina e Enfermagem Nova Esperança (Facene) com 150 vagas e a Faculdade de Medicina Nova Esperança (Famene) com 60 vagas. Além de instituições tradicionais como a Escola de Enfermagem Santa Emilia de Rodat.

Fonte: Diário da Borborema
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.