text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Projeto do Estado de SP oferece 20 mil benefícios

      
Criado em agosto do ano passado pela Secretaria da Educação, o programa Escola da Família mantém hoje 20,2 mil bolsistas integrais em instituições de ensino superior particulares em todo o Estado (5.400 na capital). Ainda há mais de 4.000 bolsas a serem distribuídas.

O beneficiado tem de trabalhar 16 horas a cada fim de semana em escola estadual como monitor de atividades de lazer.

O governo entra com metade do valor da bolsa até o limite de R$ 267 e a faculdade banca o restante. Em teoria, o valor máximo pago pela bolsa é de R$ 534, mas o limite depende da instituição.

Podem se candidatar quem cursa faculdade particular conveniada com o programa que tiver cursado os três anos do ensino médio em uma escola pública. Ele não pode receber outro benefício na mensalidade.

A inscrição deve ser feita pela internet no endereço www.escoladafamilia.sp.gov.br, entre os dias 1º e 15 de cada mês. Os documentos de comprovação da condição socioeconômica e acadêmica devem ser entregues na diretoria de ensino onde ele pretende atuar.

Aprovada a inscrição, os candidatos são classificados por pontos segundo critérios como renda familiar e tipo de moradia.

Fonte: Folha de S.Paulo
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.