text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Odontologia é curso com custo alto

      
Todos os dias, ela acorda por volta das 5h30, quando o sol nasce, pega ônibus, metrô e vai para a labuta. Mas, diferente do Cotidiano de Chico Buarque, Juliana Marotti, 23, não faz tudo sempre igual. A cirurgiã-dentista recém-formada pela USP divide a semana entre dois cursos, dois estágios para se aperfeiçoar, além da clínica em que trabalha.

O esforço para se integrar ao mercado, no entanto, não é a primeira dificuldade imposta aos que querem cuidar do sorriso da população. ? muito caro estudar odontologia, mesmo em faculdade pública. ? preciso comprar todo o instrumental. Ou a pessoa tem um capital inicial ou precisa conseguir trabalho para manter os estudos, diz Juliana.

Como o pai também é dentista, a jovem conseguiu economizar uma parte dos cerca de R$ 7.000 gastos com equipamentos durante a faculdade. Mas não é tudo que pude pegar do meu pai, tive de adquirir muita coisa nova.

Transposto o primeiro obstâculo financeiro, Juliana aplica tempo e dinheiro em cursos de estética e de implante para aprimorar sua técnica. Dentística (área que abrange os procedimentos para embelezar os dentes, como o clareamento) e implantologia são duas das áreas mais promissoras e procuradas pelos graduados.

Ela trabalha três dias por semana em uma clínica com salário fixo e ainda faz dois estágios sem remuneração, um sobre uso de laser e outro sobre escultura dental. Há três anos, faço o estágio didático de escultura dental. Não ganho nada financeiramente, mas isso conta pontos para a hora do mestrado. A gente tem de investir a vida toda na odontologia.

E, como se não bastasse, Juliana dedica os sábados para aulas de alemão. Na faculdade, ela foi uma das alunas que apresentaram pesquisa científica na Europa. O idioma pode facilitar futuros estágios.

Mesmo com tanta correria e atividades, ela garante que a profissão tem benefícios claros. Quando você tem sua clínica, pode administrar o seu tempo, organizar os dias em que trabalha ou não. Isso é uma grande facilidade, diz.

E aponta que fundamental para a escolha do curso é gostar do contato humano. Odonto não trata de uma boca. Trata de pacientes. O fato de ver o resultado, a satisfação, é muito bom.

Concorrência O acúmulo de atividades e a necessidade de novos conhecimentos dos dentistas se justificam. Há cerca de dez anos, com o aumento do número de faculdades, a concorrência aumentou muito e exige mais preparo dos profissionais.

? o que afirma o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo, Emil Adib Razuk. Em 1996, tínhamos 27 faculdades no Estado. Agora, são 50, diz. Mas, como a procura diminuiu, cinco faculdades já não abriram salas de odonto.

Mesmo assim, a relação de dentistas por habitantes é alta no país: há um profissional para 913 cidadãos. Em São Paulo, o mercado dos profissionais é ainda mais estreito: para cada dentista, 582 pessoas em média.

Segundo o responsável por cirurgia buco-maxilo-facial da Unicamp, Luis Augusto Passeri, o Brasil concentra mais faculdades do que os Estados Unidos, o Canadá e a França juntos.

? um mercado muito disputado, e o Brasil tem profissionais bem formados. Não existe discrepância profissional com outros países. Além disso, o preço é muito mais compatível, o que faz com que estrangeiros venham para o país para fazer tratamentos.

O professor afirma que o perfil da profissão mudou ao longo do tempo. Antigamente, o principal problema era a cárie, que diminuiu muito após as águas receberem flúor, diz. Depois, a ortodontia, para a correção da arcada, foi barateada e se popularizou.

Ao todo, a odontologia tem 19 possibilidades de especialização, das quais a que exige maior treinamento é a cirurgia buco-maxilo-facial, com três anos de residência. Mesmo assim, segundo Passeri, o dentista sai com uma formação mais completa para trabalhar do que o médico, que depende mais da residência. (SIMONE HARNIK)

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.