text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Semestre universitário praticamente perdido

      
Os reitores das universidades federais pediram aos conselhos universitários que façam o possível para recompor os calendários acadêmicos de modo a não haver perda do semestre letivo. Ao todo, 39 das 55 federais estão paradas, algumas por mais de 70 dias, comprometendo não apenas o semestre como a realização dos vestibulares para a entrada de novos alunos. Na Universidade de Brasília, por exemplo, os professores estão em greve há 79 dias.

Reunidos, ontem, na sede da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), em Brasília, eles elaboraram uma carta pedindo o fim das greves de professores e estudantes. Na avaliação dos reitores, as negociações com o governo federal resultaram em ganhos para o movimento docente, ainda que nem todos os pontos da pauta de reivindicações tenham sido atendidos.

O presidente da Andifes e reitor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Oswaldo Baptista Duarte Filho, admite que a proposta do Ministério da Educação (MEC) não é a ideal porque a defasagem salarial é muito grande, mas destaca que ela avança na redução da diferença entre ativos e inativos.

Duarte Filho acrescenta que, para a Andifes, a possibilidade de cancelamento do semestre letivo nem é aventada e lamenta o que ele chama de lentidão do governo. Tentamos durante mais de um mês fazer com que o governo fizesse uma proposta antes da deflagração da greve, mas isso não ocorreu. Durante a negociação ficou claro que o governo é muito lento, principalmente a área econômica, na elaboração de suas propostas, reforça.

Diálogo O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse, ontem, que o MEC não suspendeu as negociações com os professores e técnicos que estão mobilizados há cerca de três meses. A afirmação rebate as críticas que estão sendo feitas nesse sentido por líderes do Andes e da Fasubra.

A Andes e a Fasubra, junto com o Sindicato dos Servidores da Educação Básica e Profissional (Sinasefe), realizaram, durante todo o dia de ontem, uma manifestação de professores universitários e estudantes em frente ao MEC.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.