text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Greve na UFPA deixa usuários sem assistência jurídica gratuita

      
A greve da Universidade Federal do Pará, que já dura mais de três meses, afeta os serviços de assistência jurídica gratuita que era oferecido pelo Núcleo de Prática Jurídica (NPJO do campus de Santarém, no oeste parãnse. O agricultor Manoel Pereira contou à reportagem que já procurou o NPJ por diversas vezes e não souberam lhe dar informações sobre o andamento de seu processo.

Trata-se de uma ação de reintegração de posse, porque ele foi expulso de seu terreno localizado no Igarapé do Anta, na região de Vista Alegre do Moju, e procurou a justiça para resolver. A espera já dura mais de um ano e ele é obrigado a viver de favor, na casa de um amigo em Santarém. Eu procurei pela advogada do NPJ, Raquel Riker, e nunca que encontro para ela dar uma posição do meu processo, lamentou.

Outra prejudicada com a suspensão dos serviços do NPJ em Santarém foi a doméstica Michelly Sousa da Silva. Com audiência marcada para esta semana, ela teve que procurar um defensor público para lhe defender perante a Justiça. Tanto os professores quanto os estagiários do NPJ reclamam da falta de estrutura adequada para atender a população. Falta de materiais de expediente, internet, computadores são alguns dos problemas. A reportagem procurou a coordenação do NPJ, mas o núcleo está fechado.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.