text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Alunos da UFC votarão sobre volta às aulas

      
Um plebiscito deve ser realizado semana que vem pelos estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) para decidir quanto à retomada imediata ou não das aulas. Este foi o resultado da assembléia estudantil realizada ontem, que começou nos jardins da Reitoria e terminou na Concha Acústica. Hoje pela manhã, o Conselho de Entidades dos Centros e Diretórios Acadêmicos (CAs e DAs) deve se reunir e encaminhar a proposta do plebiscito aos demais estudantes.

A desorganização durante a assembléia estudantil impediu que os alunos decidissem sobre a pauta apresentada. Os processos de votação foram confusos e os discursos longos fizeram a reunião durar de 9h50min até quase às 13 horas. Segundo o estudante de Ciências Sociais Rogério Santiago, a classe estudantil está muito dividida entre as propostas sugeridas: o retorno imediato às aulas com a aceitação do calendário formulado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) ou a volta às aulas apenas no ano que vem.

Uma das reclamações expostas ontem na assembléia foi a não convocação dos estudantes para a formulação do calendário de reposição das atividades acadêmicas, feito pelo Cepe.

O titular da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prã) da UFC, João Arruda diz que durante a assembléia em que foi definido o fim da greve dos professores, na última quinta-feira, 17, ficou acordado que as aulas seriam retomadas de imediato. Segundo ele, na sexta-feira, 18, houve uma reunião com os conselheiros do Cepe e nove estudantes presentes não quiseram participar da votação quanto ao retorno das aulas, saindo da sala em protesto.

João Arruda afirmou que na segunda-feira, 21, foi feito um convite aos alunos para uma reunião na terça, 22. Os estudantes não tinham proposta e explicitaram isso. E disseram que tudo seria discutido na assembléia de hoje (ontem). Não houve, em nenhum momento, autoritarismo por parte da Reitoria, alega.

A UFC confirmou, por meio de nota, que o segundo semestre letivo de 2005 terminará no dia 23 de fevereiro, mesmo ocorrendo um recesso de Natal e Ano Novo, entre os dias 23 de dezembro e 1º de janeiro. De acordo com a nota, o início do primeiro semestre de 2006 será no dia 27 de março. A deliberação desse calendário ocorreu no último dia 18 na reunião do Cepe, após o término da greve dos docentes.

Em reunião na última terça-feira, os alunos do curso de Comunicação Social da UFC decidiram voltar às aulas referentes ao semestre 2005.2 somente em janeiro. Já o curso de Odontologia preferiu se abster da decisão. Conforme um dos representantes do centro acadêmico, Mateus Falcão, com a greve dos servidores técnico-administrativos federais, as dificuldades são maiores para os estudantes da área do Centro de Ciências da Saúde.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.