text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Seminário discute a inclusão social do deficiente visual na educação

      

O universo dos mais de 16,5 milhões de deficientes visuais do país, antes desconhecido por parte da população, vem ganhando espaço na mídia e com isso conscientizando as pessoas sobre a necessidade de inclusão na sociedade. Algumas questões como livros em Braille, computadores com programas especiais, qualificação profissional e oportunidades no mercado de trabalho ainda impedem que a maioria deles leve uma vida com qualidade. Esses e outros temas serão debatidos no IV Senabraille - Seminário Nacional de Bibliotecas Braille, que ocorre de 30 de novembro a 3 de dezembro, no Centro Universitário Senac - campus Santo Amaro, em São Paulo.

Além de traçar um perfil da inclusão no país, o seminário mostrará, no dia 30 de novembro, a experiência internacional da Force Foundation, entidade holandesa que incentiva os países em desenvolvimento a oferecerem o acesso à informação para crianças e adultos com deficiência visual. Parceira do Senac São Paulo na realização do Senabraille, a fundação será representada por seu coordenador de projetos, Jorge Fernandez Garza. O encontro também contará com a presença da convidada internacional Geidy Lung, da WIPO (The World Intellectual Property Organization), da Suíça, que falará sobre questões ligadas à propriedade intelectual, como impressão de livros em Braille e disponibilidade de títulos na internet, no dia 1º de dezembro.

Haverá ainda o lançamento do primeiro livro da Editora Senac São Paulo impresso em Braille - A Semente da Vitória - com a presença do autor Nuno Cobra, no dia 1º. O best-seller, que já vendeu mais de 360 mil exemplares, terá 500 unidades impressas nessa versão, em parceria com a Fundação Dorina Nowill. Em 2006, a Editora produzirá outros títulos para deficientes visuais.

Na sexta, 2 de dezembro, o evento trará palestras e mesas-redondas sobre inclusão digital e educacional. Entre os especialistas estarão Niusarete Margarida de Lima, da Corde (Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência do Ministério da Justiça) e Jorge Márcio Pereira de Andrade, médico e fundador do Defnet - banco de dados on-line sobre pessoas com deficiência. No mesmo dia, o público poderá participar também de algumas oficinas, como Braille Virtual, AVD - Atividades da Vida Diária, musicografia, recursos ópticos eletrônicos para pessoas com baixa visão, mobilidade e cão guia. Haverá ainda apresentação da peça Consciência Sim, Preconceito Não! do grupo Blind & Company, formado por deficientes visuais, de Campinas.ÿ

A empregabilidade será o tema do último dia do evento, com a presença de representantes da Laramara (Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual), Fundação Dorina Nowill para Cegos, Febc (Federação Brasileira de Entidades para Cegos), entre outras instituições.ÿ

Bibliotecas em Brailleÿ

Hoje existem no Brasil 1.200 bibliotecas públicas, segundo dados da Fundação Biblioteca Nacional. Desse total, apenas 96 oferecem serviços Braille. Para a diretora da biblioteca do Centro Universitário Senac, Jeane Passos, mais do que discutir a questão das bibliotecas Braille do país, o IV Senabraille quer mostrar também que é preciso inserir os deficientes visuais na sociedade.

O Centro Universitário Senac - campus Santo Amaro oferece o Espaço Braille em sua biblioteca, com uma média de 90 atendimentos por mês. O local reúne 127 títulos em Braille e 83 audiolivros e conta com sistemas de leitura e impressões especiais. Para aqueles com uma pequena porcentagem de visão, há uma lupa eletrônica, que em contato com os textos em papel, projeta as letras ampliadas em um monitor. Os deficientes com ausência total de visão têm disponível um outro sistema, também composto por uma lupa eletrônica para leitura por meio de um recurso de voz. ? possível imprimir em Braille textos digitalizados ou ainda utilizar uma máquina elétrica com o sistema, que pode substituir o teclado do computador.

Além desses serviços, há curso de Braille e treinamento gratuito de informática com programas de voz - para quem tem deficiência total - e ampliador de tela - para aqueles com baixa visão. As atividades são oferecidas para crianças e adultos.ÿ

A infra-estrutura da biblioteca conta com elevador e os espaços entre móveis e estantes foram projetados para dar total liberdade de acesso e mobilidade aos deficientes visuais e também físicos.ÿ

Deficientes visuais no paísÿ

De acordo com o último censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2000, dos 16,5 milhões dos deficientes visuais, cerca de 160 mil têm deficiência total. A região sudeste tem a maior concentração, quase seis milhões de pessoas. Proporcionalmente, porém, a região nordeste é a que tem maior número por habitante: 11,2% da população (5,6 milhões) têm deficiência total ou baixa visão.ÿ

Desde a Constituição Federal de 1988, o governo brasileiro estabeleceu algumas garantias como emprego, educação, saúde e assistência social às pessoas com deficiência. O acesso ao trabalho, previsto pela lei 8.213 de 1991, que determinou uma cota de contratação em empresas com mais de 100 funcionários, passou a ter eficácia no final de 1999, quando o decreto 3.298 fixou uma política nacional para integração desses profissionais no mercado. De acordo com relatório O que as Empresas podem fazer pela Inclusão das Pessoas com Deficiência, publicado pelo Instituto Ethos em 2002, nove milhões de portadores de deficiência estão em idade de trabalho, sendo que um milhão, 11,1% exercem alguma atividade remunerada.

Serviço
IV Senabraille - Seminário Nacional de Bibliotecas Braille
Data: de 30 de novembro a 3 de dezembro
Horário: das 19 horas às 21h30 (quarta, 30 de novembro), das 9 horas às 18h15 (quinta-feira), das 9 às 20 horas (sexta-feira) e das 9 às 17 horas (sábado)
Local: Centro de Convenções do Centro Universitário Senac - campus Santo Amaro - Av. Eng. Eusébio Stevaux, 823 - Santo Amaro
Inscrições e informações: pelo site do Senac www.sp.senac.br, e-mail: ivsenabraille@sp.senac.br ou telefone (11) 5682-7300
Evento Gratuito

Clique aqui para conferir a programação

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.