text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Conheça os vencedores dos Prêmios Santander Banespa

      
Com objetivo de incentivar a pesquisa no país fazendo com que, no futuro, o Brasil se torne um expoente e possa disputar de igual para igual espaço com outras potências, o Santander Banespa, em parceria com o Universia, decidiu apostar em pesquisadores e estudantes das instituições de ensino superior brasileiras. Para isso, investiu na concessão dos Prêmios Santander Banespa, destinados aos melhores projetos que podem ser aplicados na indústria, comércio, ramo de serviços, ou ainda, que estejam ligados ao campo da responsabilidade social. Em paralelo, resolveu dar uma força extra para o setor de empreendedorismo, premiando idéias inovadoras dentro das instituições de ensino capazes de gerar desenvolvimento e crescimento para o país.

Desta forma, foi criado o Prêmio de Ciência & Inovação - no valor total de R$ 200 mil, divididos em quatro premiações iguais de R$ 50 mil, para agraciar doutores recém-formados que lideram projetos com este perfil em suas instituições - e o Prêmio de Empreendedorismo - destinado a alunos de graduação ou pós-graduação com projetos nas áreas da indústria, comércio, serviços, responsabilidade social ou tecnologia. Com um valor total de R$ 300 mil, este último prêmio foi dividido em cinco partes iguais de R$ 50 mil para os melhores trabalhos. Por fim, um prêmio bônus de igual valor entregue ao vencedor nacional, escolhido entre os cinco vencedores, pela excelência de seu projeto. Clique no link acima, à direita, para saber mais sobre o prêmio.

Durante dois meses, candidatos das mais diversas regiões do país mandaram suas contribuições. Ao todo, foram recebidos 897 trabalhos de pesquisadores e estudantes de 166 das 220 universidades parceiras do Portal Universia Brasil, o que representa 83% de adesão destas instituições, mostrando o quanto a comunidade acadêmica se interessa e aposta em iniciativas como esta.

Frente a estes números tão expressivos e à qualidade dos trabalhos apresentados em ambas as categorias, difícil foi a tarefa da comissão julgadora em indicar os vencedores. "Foi surpreendente e gratificante verificar a adesão de tantos participantes", disse Felizardo Penalva, do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), instituição responsável pela avaliação e julgamento dos projetos de Ciência e Inovação. "Esta é mais uma demonstração do estágio altamente desenvolvido da Ciência brasileira e, particularmente, da pós-graduação, que há muito tempo já está consolidada no país", destacou.

Já para os responsáveis pela seleção dos trabalhos que concorriam ao Prêmio de Empreendedorismo, o que mais surpreendeu foi a participação massiva de projetos criativos, visto que este é um setor que ainda engatinha no Brasil, bem como a qualidade das idéias apresentadas. "Fiquei surpreso com a quantidade e qualidade dos projetos de empreendedorismo inscritos", revelou o coordenador dos prêmios, Fernando Dolabela. Já o professor e coordenador do Núcleo de Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral, Afonso Cozzi, o mais interessante foi o despertar da vontade de empreender na comunidade acadêmica. "Os vários projetos mostram foco na Inovação, além do objetivo de transformar conhecimento em riqueza", concluiu.

A cerimônia da premiação - realizada nesta quinta-feira, 24 de outubro, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo - contou com a presença de dezenas de autoridades, reitores, gestores universitários, empresários, candidatos aos prêmios e seus orientadores.

O presidente do Santander Banespa, Gabriel Jaramillo, lembrou que os Prêmios Santander Banespa nasceram de uma demanda dos reitores que fazem parte do Conselho de Administração do Universia, e, portanto, têm uma origem nas necessidades percebidas pelas próprias universidades. Sobre a premiação, Jaramillo afirmou: "São vencedores todos os que se inscreveram, são vencedores todos os selecionados, são vencedoras todas as universidades, são vencedores os patrocinadores. Mas, mais importante, a grande vencedora é a sociedade brasileira, que se beneficiará dos projetos apresentados".

Já o conselheiro diretor geral da Divisão América do Grupo Santander, Francisco Luzón, disse que é essencial estimular a relação entre o mundo financeiro e o acadêmico. "Estamos muito convencidos de que a colaboração entre o setor bancário e as universidades é um dos caminhos corretos", observou o executivo, referindo-se à atuação do grupo que representa. Ele sublinhou, também, que a América Latina precisa de mais Educação universitária e de melhor qualidade. "Ninguém, muito menos aqueles que querem ser cidadãos corporativos responsáveis, pode ficar à margem do colossal esforço que requer estender e melhorar a oferta universitária latino-americana. Nós, do Grupo Santander e, claro, do Santander Banespa, vamos fazê-lo. Nosso compromisso é com nossos clientes, com nossos empregados e, também, com as comunidades nas quais estamos inseridos", concluiu.

O vice-governador do estado de São Paulo, professor Cláudio Lembo,- presente à cerimônia de entrega dos prêmios -, destacou a importância de iniciativas como a dos Prêmios Santander Banespa. "O Santander é extremamente feliz em premiar dois segmentos importantes para a sociedade: o empreendedor e a Ciência. São dois segmentos que possibilitam as transformações necessárias. O Santander, não só com sua capacidade de trabalho, mas com sua presença firme no mercado brasileiro, está de parabéns, porque não ficou apenas em uma visão de mercado, mas em uma visão de conceber novas formas de cidadania", analisou Lembo.

Maria Voivodic, diretora geral do Universia Brasil, destou o sucesso obtido por esta primeira edição do Prêmios Santander Banespa. "Foram 897 projetos inscritos por estudantes e pesquisadores de 166 universidades, representando 244 cidades de todo país. Para nós, sem dúvida alguma, esses números são muito representativos, pois o sucesso desse prêmio corrobora a intenção do Universia e do Santander Banespa de incentivar projetos nas áreas de pesquisa e de empreendedorismo que possam promover o desenvolvimento sustentável do país", disse.

Se você ficou curioso sobre os projetos, não deixe de ler o depoimento dos contemplados falando sobre suas propostas, além de contarem o que esperam de suas carreiras após terem sido agraciados com esta premiação. Saiba ainda como eles avaliam a criação e a participação de pesquisadores e alunos em projetos deste porte.

Fonte:Administrador.com.br
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.