text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Cursinhos roubam a cena antes de prova da Fuvest

      
Quem viu de longe, pensou que era um jogo de futebol, um show de música ou alguma confraternização carismática. Sob um sol escaldante, houve queima de fogos, distribuição gratuita de água e sorvete e até a participação de personagens do filme Harry Potter. Essa animação toda antecedeu a entrada dos candidatos da primeira fase do vestibular da Fuvest, o maior do País, que registrou ontem, em Santos, um índice de abstenção de 7,7%.

Vestido de Harry Potter, o professor de Química de um cursinho pré-vestibular da Cidade Marcelo Polachini explicou que a presença dos professores no local da prova é uma maneira de acalmar e passar segurança aos alunos. A gente quer transmitir alegria e também força na última hora, disse o professor fantasiado.

A maioria dos cursinhos da região estava à porta da Universidade Católica de Santos (UniSantos), na Rua da Constituição, travando uma verdadeira briga de mercado para conquistar e alegrar os atuais e prováveis futuros alunos.

A estratégia é tentar diminuir o estresse dos candidatos, que disputam 10.247 vagas, e divulgar a marca do cursinho. Havia até grupos de alunos vestindo a camiseta das respectivas escolas nas salas de aula.

A agitação era tamanha que o coordenador da Fuvest, Jivaldo Rosário Matos, chegou a pedir aos representantes dos cursinhos que não ficassem em frente à entrada da universidade.

Acho positiva a participação dos professores, mas eles acabam atrapalhando a entrada dos alunos. Temos um procedimento de fechar o portão às 13 horas, e com esse tumulto, bloqueiam a passagem dos alunos atrasados, criticou Matos. Questionados se isso atrapalharia o desempenho dos alunos na prova, todos os representantes dos cursinhos responderam que não, mas um coordenador, que preferiu o anonimato, alfinetou os concorrentes, afirmando que algumas escolas exageram na bagunça.

Concentração Portões fechados às 13 horas em ponto. Expectativa e silêncio do lado de fora. Concentração total do lado de dentro. Os candidatos tiveram cinco horas para responder a 100 questões de múltipla escolha de História, Geografia, Matemática, Física, Química, Biologia, Língua Portuguesa e Inglês.

A estudante Alexsandra dos Anjos Barbosa, de 19 anos, se preparou durante o ano para concorrer a uma das vagas para o curso de Pedagogia, que registrou um índice de candidato por vaga de 19,32. Ao término da prova, desabafou. Achei um pouco difíceis as provas de Inglês e Física, mas devo ter acertado metade das questões, disse.

Na Baixada Santista, houve 3.389 candidatos inscritos - de um total de 170 mil em todo o Brasil -, mas 263 não compareceram à prova, configurando uma abstenção de 7,7%, índice maior em comparação ao ano passado (4,36%).

A Fuvest seleciona os futuros alunos da Universidade de São Paulo (USP), da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo e da Academia de Polícia Militar do Barro Branco. A lista com os aprovados para a segunda fase será conhecida no próximo dia 16. A segunda etapa será realizada entre 8 e 12 de janeiro.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.