text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ação transformadora da Unimontes é destacada na c

      
Só quem não conhece a Unimontes não sabe o seu valor como universidade pública. É uma instituição do povo e da região; uma bandeira que todos precisam desfraldar independentemente das paixões partidárias. O comentário fez parte do pronunciamento do reitor Paulo César Gonçalves de Almeida, durante sessão especial da Câmara de Montes Claros pelos 15 anos de reconhecimento da Unimontes como universidade pública estadual, na noite dessa sexta-feira (25). O requerimento da homenagem é de autoria da vereadora e vice-presidente do Legislativo montesclarense, Fátima Pereira Macedo (PTB). A sessão foi presidida pelo vereador Sebastião Ildeu Maia (PP).

A Universidade Estadual de Montes Claros sucedeu a Fundação Norte Mineira de Ensino Superior (FUNM), tendo a transformação em autarquia vinculada ao Governo do Estado ocorrido através da Constituição Estadual de 1989. No entanto, somente em 24 de setembro de 1990, o preceito constitucional foi cumprido com a aprovação dos estatutos, através do Decreto Estadual 31.840 e, em conseqüência, foi promovida a incorporação definitiva do patrimônio e dos servidores docentes e técnico-administrativos à estrutura governamental.

Em seu discurso, o professor Paulo César de Almeida destacou os avanços registrados pela Universidade em todas as áreas (ensino, pesquisa, extensão e de prestação de serviços), salientando que, apesar das adversidades, das restrições e, às vezes, das incompreensões, têm sido comemoradas conquistas importantes e irrefutavelmente positivas, fruto do esforço conjunto, competente e obstinado de todos os integrantes da comunidade acadêmica; da participação valorosa e solidária da sociedade regional e da classe política; e do valioso apoio do Governo do Estado.

A vereadora Fátima Pereira Macedo comentou sobre a trajetória de conquistas da Universidade Estadual de Montes Claros ao longo dos últimos 15 anos e a sua importância para o desenvolvimento das regiões onde se acha inserida. A Unimontes fez e faz a diferença no processo de desenvolvimento, como instrumento mais democrático e legítimo de inclusão social que é o conhecimento, sendo o marco referencial de transformação da realidade regional, disse a vereadora.

A solenidade contou com as presenças de dirigentes, professores, servidores técnico-administrativos e acadêmicos da Unimontes, assim como de diversas autoridades, dentre as quais o secretário Municipal de Administração, Antônio Dimas Cardoso, representando o prefeito Athos Avelino Pereira e a vice-reitora da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), professora Janete Gomes Barreto Paixão. Também compareceram os deputados estaduais Arlen Santiago (PTB), Carlos Pimenta (PDT) e Gil Pereira (PP), que fizeram pronunciamentos enaltecendo as ações desenvolvidas pela Unimontes nas regiões Norte, Noroeste e Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Sob aplausos do reitor da Unimontes, professor Paulo César de Almeida, a vice-presidente da Câmara Municipal, vereadora Fátima Pereira Macedo, entrega a placa de homenagem à professora Rita Edite Borges Lopes, representando os servidores da Instituição

Fonte: Unimontes

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.