text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFMG aumenta tempo mínimo de prova

      
Igor Veiga

O Vestibular 2006 da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) começa neste sábado com uma novidade: os candidatos só poderão sair da sala duas horas após o início do exame. O tempo é meia hora maior que o exigido nos concursos anteriores.que ficar meia hora a mais.

Por questões operacionais e de segurança, em vez de uma hora e meia, o candidato só poderá entregar a prova duas horas depois que começar a fazê-la, explicou o coordenador geral do vestibular da UFMG, Antônio Zumpano.

A primeira etapa será realizada em dois dias ? sábado e domingo. As provas começarão às 14h e acontecerão, simultaneamente, em 150 locais em Belo Horizonte e outras 12 cidades no interior (Barbacena, Conselheiro Lafaiete, Contagem, Coronel Fabriciano, Divinópolis, Governador Valadares, Lavras, Montes Claros, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Uberaba e Viçosa).

Ao todo, 67.861 candidatos estarão concorrendo a 4.674 vagas em 48 cursos. No sábado, os candidatos serão submetidos às provas de matemática, biologia, geografia e língua estrangeira. No domingo, os exames são de língua portuguesa e literatura brasileira, química, história e física.

De acordo com Zumpano, os candidatos terão quatro horas em cada dia para responderem as questões. Zumpano também destacou a necessidade de que os candidatos cheguem com o máximo de antecedência possível aos locais de prova.

Além de evitar possíveis transtornos com o trânsito, a chegada antecipada traz muito mais tranquilidade ao candidato para realização do vestibular. Quem chegar depois do início das provas será eliminado, salientou o coordenador.

A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) deve divulgar até amanhã o esquema especial de trânsito e incremento nas linhas de ônibus devido ao vestibular.

Segurança Para a primeira etapa, além dos mais de 500 fiscais de provas, cerca de 40 agentes da Polícia Federal, só em Belo Horizonte, farão o rastreamento de transmissões por rádio nas proximidades do campus com o objetivo de dificultar as fraudes. Teremos pelo menos dois agentes em cada um dos 150 locais de provas, disse Zumpano.

Além de não poder levar o caderno de provas para a casa, os candidatos não poderão usar no dia da prova quaisquer equipamentos eletrônicos, como telefone celular, calculadora, pager ou beep, mesmo que desligados. Também será proibido o uso de bonés e chapéus durante o concurso.

Em todos os setores de realização do exame serão utilizados detectores de metais e quem se negar a se submeter ao detector será automaticamente desclassificado, com exceção dos portadores de marca-passo e de próteses metálicas.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.