text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Cem dias de greve

      
A greve dos professores das universidades federais e de centros federais de educação, iniciada em meados de agosto último, já dura mais de 100 dias e já é uma das maiores da história da educação brasileira.

Entre as reivindicações do movimento grevista, que coordena a greve em 36 unidades de ensino federal em todo o país, está a recomposição salarial - que julgam necessária depois das perdas inflacionárias, que está perto dos 18%. A implantação da segunda fase do plano de carreira, que permite aumentos salariais aos professores, também é reivindicada.

As tentativas de negociação entre o comando da greve e os representantes do Ministério da Educação foram frustradas.

Na UFF, a greve também ganhou apoio de outros setores universitários. Os servidores administrativos ligados ao Sintuff e os estudantes do DCE decidiram apoiar os professores. A adesão, no entanto, não é plena.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.