text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

PUC corrige mensalidades em 6,47%

      
Confira os novos valores a partir de 2006(clique para visualizar) A partir do ano que vem, as mensalidades dos cursos da Pontifícia universidade Católica (PUC) do Paraná serão reajustadas em 6,47%. Conforme o presidente em exercício do Conselho de Administração Econômico-Financeira (Cãf) da universidade, João Oleynik, o porcentual se refere à correção da inflação prevista para 2005 (5,52%) e também aos investimentos da PUC em infra-estrutura.Oleynik argumenta que, para seguir as exigências do Ministério da Educação (MEC), a universidade investe na formação do quadro docente.

Atualmente, 78,3% dos professores da PUC são mestres ou doutores. O salário do professor que obtém o título de mestre aumenta 15%, enquanto que o de doutor sobe 25% e esses porcentuais têm um impacto significativo, ressalta Oleynik, lembrando que a permanência desses professores também vem aumentando gradualmente. O Cãf também projeta no reajuste o índice de correção salarial dos professores no ano que vem, embora não saiba ainda de quanto será o índice.A aplicação do reajuste desagradou o Diretório Central dos Estudantes (DCE).

Para o presidente do DCE, Jonny Stica, o reajuste frustra os estudantes, que no último dia 9 se mobilizaram para pedir redução da mensalidade. O valor está acima da previsão de inflação de 5,5% para 2005 e de 4,6% para 2006.

Na sexta-feira, os alunos voltaram a protestar, dessa vez contra o reajuste, na frente do prédio da Reitoria da PUC. O presidente do DCE afirma que a manifestação do dia 9 resultou numa conquista. Ao invés de o aluno inadimplente pagar 40% do valor devido à vista e o restante em três vezes, o Cãf permitiu que sejam pagos 20% à vista e o restante parcelado em quatro vezes.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.