text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Suspeita de fraude leva Universidade Federal de MS a adiar vestibular 2006

      
Devido a uma suspeita de fraude, a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) adiou as provas do vestibular, que ocorreriam na próxima semana. A denúncia de fraude foi nesse sentido: um funcionário da gráfica que imprimiu as provas havia passado tanto o conteúdo das perguntas como os temas da redação a um candidato, disse o reitor Manoel Peró.

Há 17.798 estudantes inscritos para disputar 2.315 vagas.

A informação da suposta fraude foi repassada por um candidato à UFMS, que pediu a investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Manoel Lacerda, o advogado da gráfica Gibin, disse que funcionários da empresa não participaram da impressão das provas. Segundo ele, um grupo de dez funcionários da UFMS e de outros gráficos fez o trabalho.

O reitor abriu um processo administrativo para investigar a participação de funcionários, embora afirme não acreditar no envolvimento deles.

O vestibular deve ocorrer no fim de janeiro, e não será necessário pagar a inscrição novamente.

(HUDSON CORRÒA, DA AGÒNCIA FOLHA, EM CAMPO GRANDE)

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.