text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Justiça suspende corte de salário na Uerj

      
Bruno Garcia e Roberta Fernandes

A Associação dos Docentes da Uerj (Asduerj) conseguiu, na última quinta-feira, dia 8, uma liminar do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ) suspendendo o corte de pagamento anunciado pelo governo do estado. A decisão foi tomada, em primeira instância, pelo desembargador Rogério de Oliveira Souza, titular da 20¦ Vara Cível. Na última sexta-feira, dia 9, ele estendeu os efeitos da liminar aos servidores técnico-administrativos. Segundo o governo, que já garantiu que deve recorrer da medida, os funcionários, em greve desde o último dia 3 de abril, paralisaram suas atividades de forma ilegal.

Com a liminar, o governo fica obrigado a pagar imediatamente e de forma integral todos os salários dos servidores da Uerj. A 1¦ secretária da Asduerj, Inalda Pimentel, comemorou a rapidez no julgamento do processo, já que o pedido foi encaminhado à Justiça na última terça-feira, dia 6. "? uma vitória do movimento como um todo. O corte de ponto é um ato ilegal, o governo estadual passou por cima da autonomia universitária, garantida pela Constituição Federal", explica a professora.

Apesar de o governo já ter anunciado que vai entrar com recursos contra a decisão, Inalda não acredita na hipótese. "Seria uma grande imprudência da parte deles. O processo aponta tantas irregularidades cometidas pela governadora Rosinha Garotinho e pelo secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Wanderley de Souza, que não acho que o governo acredite ganhar a causa em um segundo julgamento".
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.