text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Tamanho do país pesa no interesse das universidades

      
As universidades estrangeiras deixam claro que o tamanho do Brasil importa nessa decisão estratégica. O país tem atualmente cerca de 9 milhões de alunos no ensino médio, etapa anterior ao ensino superior, com 4,1 milhões de estudantes.

Para o ex-ministro da Educação e consultor Paulo Renato Souza, a tendência é positiva para o Brasil. "São poucos os brasileiros fazendo graduação no exterior e isso acaba criando um problema de não olharmos para fora, da uma educação fechada."

Também parece ser consenso que o diploma no exterior agrega pontos aos currículos. "Além de ter estudado em universidades conhecidas mundialmente, consolidar o inglês e conhecer outras culturas é um diferencial competitivo", diz a sócia-diretora da Carrer Center, empresa de planejamento de carreiras, Karin Parodi.

"O crescimento é pessoal e profissional", diz Tatiana Zanon, que pensa em estudar em Yale. Alguns cursos, no entanto, não têm validação automática no ensino superior brasileiro, como Medicina e Arquitetura. As universidades públicas têm autonomia para reconhecer ou não os diplomas e os currículos cursados no exterior.

O departamento de educação do Consulado Australiano abriu em 2005 um escritório no país em busca de novos alunos. O número de estudantes lá quase duplicou depois disso e já há 7.000 brasileiros estudando na Austrália.

Só existem 39 universidades no país e muitas delas estão bem posicionadas em rankings mundiais. Outras vantagens são que há graduação por 20 mil dólares australianos por ano, com cotação mais baixa que o norte-americano, e duração de só três anos.

"Os brasileiros dão dinâmica à sala de aula e são estudiosos", justifica a gerente da Australian Education International, Priscila Trevisan.

(Agência Estado)
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.