text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Capes lança edital para doutorado nos EUA

      
Interessados em estudar nos Estados Unidos têm até o dia 3 de julho para fazer sua inscrição no programa de bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (Capes/MEC) e da Comissão Fulbright. Os candidatos devem ter comprovado desempenho acadêmico e projetos que não possam ser realizados, total ou parcialmente, no Brasil. "A idéia é formar doutores naquelas áreas onde o Brasil ainda apresenta carência de grupos consolidados. ? uma forma de complementar os esforços despendidos pelos programas de pós-graduação no Brasil, buscando a formação de docentes e pesquisadores de alto nível", explica a coordenadora-geral de Programas no Exterior da Capes, Maria Luiza Lombas.

Os selecionados de 2006 iniciarão suas atividades no segundo semestre de 2007 recebendo bolsa mensal média no valor de US$ 1.100 (R$ 2.400), com direito ainda a passagem aérea de ida e volta, auxílio-instalação, seguro-saúde e pagamento de taxas escolares. Para outras informações confira o edital no anexo abaixo.

O Capes mantém cerca de 2.100 bolsistas no exterior em diversas áreas do conhecimento. Só nos Estados Unidos estão, aproximadamente, 200 estudantes brasileiros financiados pela agência.

Como muitos pós-graduandos no exterior, a bolsista da área de sociologia, Ana Cristina Murta Collares, 32 anos, sentiu dificuldade com o idioma nos primeiros meses de estudo na Universidade de Wisconsin, em Madison (EUA). "O volume de leitura é muito grande, os termos técnicos complicados e tinha dificuldade em ser entendida", diz ela. Após três anos no exterior, Ana Cristina vê que já ultrapassou o obstáculo de redigir em inglês: "Tem um serviço de ajuda à elaboração de trabalhos que usei muito e, com o tempo, minhas dificuldades diminuíram", diz ela.

As expectativas de Ana e sua pesquisa em sociologia foram e estão sendo plenamente atendidas, já que a universidade americana em que está prima exatamente pela demanda de seus estudos: métodos quantitativos de análise sociológica, com uma tradição de pesquisa já muito bem consolidada e didática avançada. Seu intuito é voltar para o Brasil e conseguir uma bolsa de recém-doutora em uma universidade federal e, posteriormente, transformar-se em professora. Até lá, diz que não está sendo fácil. "A rotina é bastante apertada" - admite - "mas quando se tem entusiasmo, o estresse não é um problema. · medida que o curso vai avançando, os problemas diminuem".
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.