text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UNIMONTES tem atenção especial do Governo do Estado

      
"A Unimontes está tendo um período dos mais promissores nas ações articuladas com o Governo do Estado. Isso demonstra, com certeza, a força e o prestígio da comunidade acadêmica". A avaliação é do reitor da Universidade Estadual de Montes Claros ao destacar, em entrevista à imprensa, a atenção especial que tem sido dispensada à Universidade pelo atual Governo de Minas Gerais.

"As nossas relações com as autoridades governamentais têm sido as melhores possíveis, norteadas, especialmente, pelo espírito público, pela absoluta transparência e pelo respeito mútuo e recíproco", afirmou o reitor, destacando, entre outros aspectos, o benefício representado pela promoção por escolaridade adicional, a ser concedida aos servidores docentes e técnico-administrativos da Unimontes em virtude do decreto nº 44.306, assinado pelo governador Aécio Neves no último dia 2 de junho.

Ainda segundo o professor Paulo César Gonçalves de Almeida, "nas conquistas e avanços registrados na Unimontes, nestes quase quatro anos, foi fundamental e decisiva a participação do Governo de Minas, podendo ser apontadas também, a título de exemplo, a liberação de recursos extraordinários para estrutura de pesquisa, possibilitando o incremento da investigação científica e a implantação de mestrados próprios; a implantação do Centro Ambulatorial de Especialidades Presidente Tancredo Neves (anexo ao Hospital Universitário Clemente de Faria); além dos recursos que têm sido liberados para aquisição de equipamentos, pequenas reformas e programas de capitação, tanto no âmbito do Pró-Hosp como, ainda, através de articulação entre a reitoria e a Secretaria de Estado da Saúde".

"Em todos os órgãos e unidades vinculados ao Governo do Estado, justiça seja feita, a Unimontes tem sido acolhida com enorme apreço e atenção especial, tendo como conseqüência a realização de ações concretas e efetivas voltadas ao fortalecimento da instituição e ao atendimento de justas e legítimas demandas dos servidores docentes e técnico-administrativos e dos acadêmicos", salienta o reitor.

PROMOÇÃO POR ESCOLARIDADE ADICIONAL - O professor Paulo César Gonçalves de Almeida lembrou que, até a última sexta-feira (16/06), 670 servidores técnico-administrativos e docentes apresentaram documentação para se habilitarem ao recebimento da promoção por escolaridade adicional, podendo representar, confirmado o atendimento aos requisitos estabelecidos no decreto, reajuste médio entre 14 e 18% na remuneração básica. "O número expressivo demonstra a relevância e o grande alcance do benefício para os servidores docentes e técnico-administrativos", assinalou o reitor.

O professor Paulo César Gonçalves de Almeida salientou que, "na verdade, a concessão da promoção por escolaridade adicional promove um resgate histórico, pois, ao longo dos últimos doze anos, desde a realização do primeiro concurso público da Unimontes, em 1994, é a primeira vez que os servidores da Universidade terão os salários reajustados em razão do mérito, representando, além disso, efetivo desenvolvimento na carreira que, aliás, só foi oficialmente instituída no ano passado, também por iniciativa do Governo do Estado".

Fonte: Unimontes
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.