text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Bolsas para carentes

      
Estará disponível a partir de hoje na página eletrônica do Ministério da Educação o resultado da seleção para o segundo semestre de 2006 do Programa Universidade para Todos (ProUni), do MEC. O resultado também poderá ser consultado pelo telefone 0800-616161. Foram oferecidas, em todo o Brasil, 47.059 bolsas integrais e parciais (com desconto de 50%), disputadas por 200.969 inscritos.

Brasília foi a quinta capital a oferecer mais vagas: 1.861 bolsas em instituições privadas de Ensino Superior do DF foram disputadas por 4.814 candidatos. Das vagas ofertadas em Brasília, 1.849 foram preenchidas. Apenas 12 bolsas sobraram.

Do total de vagas oferecidas pelo programa, 43.614 (93%) foram preenchidas. Isso significa que existem 3.445 bolsas remanescentes, para as quais o ministério deve abrir um terceiro processo seletivo este ano. Um montante de 13.898 das vagas da segunda etapa deste ano estavam reservadas a negros e indígenas. Destas, 13.473 foram preenchidas.

O número de bolsas ofertadas pelos estados e municípios depende do número de instituições de ensino superior privado em cada unidade da Federação. · frente de Brasília, com as maiores ofertas de bolsas, ficaram os municípios de São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou, em entrevista coletiva, ontem, que a expectativa do MEC é poder começar, já na semana que vem, a organização do processo seletivo para o preenchimento das vagas remanescentes. Como é necessário fazer divulgação dos prazos de inscrição pela televisão e outros meios, no entanto, deve haver um entendimento com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

"Teremos que fazer uma consulta a eles, para não haver constrangimento neste período de eleições. Nossa intenção é fazer o processo seletivo padrão do ProUni, tendo como base o perfil socioeconômico dos alunos e a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Apenas em último caso essas vagas remanescentes serão liberadas para que as universidades as preencham entre seus próprios alunos mesmo", afirmou.

Vagas nos cursos de tecnologia

De acordo com o ministro da Educação, Fernando Haddad, essas bolsas remanescentes são, em sua maioria, destinadas a cursos na área de tecnologia e graduação a distância. Além disso, explica o ministro, a maior parte delas é parcial. Tais bolsas são um adicional da cota mínima que o ProUni exige que as universidades particulares ofereçam. "A elas interessa oferecer bolsas parciais a mais, porque é vantajoso do ponto de vista econômico", afirma Fernando Haddad.

Ao todo, contabilizando a seleção do início de 2006, o Programa Universidade para Todos ofereceu este ano 138.668 bolsas, o que significa um aumento de 24% em relação às bolsas ofertadas no ano passado.

Quem foi selecionado para a segunda etapa de 2006 do ProUni tem entre os dias 26 de junho e 14 de julho para confirmar os dados socioeconômicos fornecidos na ficha de inscrição junto ao Ministério da Educação. A lista dos selecionados está disponível no site www.mec.gov.br ou pelo telefone 0800-616161. O ministério também enviará cartas aos contemplados.

Critérios

Para participar do ProUni, é necessário que o candidato tenha cursado todo o Ensino Médio em escola público, ou que o tenha cursado em escola privada com bolsa integral.

Também é necessário que ele tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média acima de 45 e, ainda, comprovar renda familiar até R$ 525 por pessoa para solicitar a bolsa integral, e até R$ 1.050 para concorrer a uma bolsa parcial.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.