text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFTM treina agentes comunitários em doenças parasitárias

      
Seis meses após o encerramento do curso e dos exames em amostras casuais da população, nova avaliação será realizada para conhecer os resultados

A Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM, está capacitando os 240 agentes comunitários que atuam nas 42 equipes do Programa de Saúde da Família-PSF, com enfoque em parasitoses endêmicas do município de Uberaba. O trabalho é uma parceria entre a UFTM e a Secretaria Municipal de Saúde, e desenvolvido pela Liga de Parasitologia, Curso de Pós-Graduação em Medicina Tropical e Infectologia e disciplina de Parasitologia da UFTM.

Segundo a coordenadora do Projeto, professora Márcia Benedita de Oliveira Silva, o curso capacita os agentes comunitários a divulgar medidas de prevenção e controle da disseminação das doenças parasitárias na população. Para ela, iniciativas como o uso da água filtrada contribui muito na prevenção das doenças parasitárias intestinais. O Projeto tem como objetivo ainda, levantar, através de análises de amostras de fezes, a incidência de parasitoses na comunidade. "A partir da detecção dessas parasitoses, orientar a Secretaria de Saúde quanto ao tratamento, e mudanças de hábitos, visando a prevenção e o controle", explica Márcia Benedita.

A intenção, segundo ela, é diminuir, através da educação continuada, a prevalência das doenças parasitárias intestinais. De acordo com a coordenadora, seis meses após o encerramento do curso e dos exames de fezes em amostras casuais da população, uma nova avaliação será realizada para conhecer os resultados. "Se a incidência das doenças cair, isso indica que a educação continuada obteve resposta positiva", disse a Coordenadora.

O atividade de Extensão tem ainda na coordenação, a professora Sybelle de Souza Castro Miranzi e os professores Dalmo Correia Filho, Eliane Lages Silva, Luiz Eduardo Ramirez Giraldo e Mario Leon Silva Vergara como orientadores. Os instrutores são acadêmicos da UFTM, sete bolsitas do Proext e três voluntários.

Fonte: UFTM
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.