text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UNIMONTES: Projeto 'Terapia da Beleza' reconhecido como ação inovadora na gestão do SUS

      
Desenvolvido no Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), o projeto 'Terapia da Beleza', foi reconhecido pelo Ministério da Saúde como uma das ações inovadoras dentro da assistência oferecida por intermédio do Sistema Único de Saúde (SUS). O reconhecimento oficial ocorreu durante a Mostra Nacional de Vivências Inovadoras de Gestão no SUS - 'Expogest' -, organizada pelo Ministério da Saúde, em Brasília, entre os dias 4 e 7 últimos.

Foram inscritos para a exposição mais de 2,2 mil projetos, sendo aprovados 915, entre os quais o 'Terapia da Beleza'. A Expogest foi promovida pelo Ministério da Saúde, através da sua Secretaria Executiva, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) e o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass). O objetivo da iniciativa foi divulgar e premiar iniciativas de gestão que representam esforço de mudança, inovação e transformação na gestão, contribuindo para a consolidação do SUS.

O 'Terapia da Beleza' foi implantado no Hospital Universitário Clemente de Faria a partir de parceria com a Organização Não-Governamental (ONG) 'Alimentando Esperanças', coordenada por integrantes de igrejas batistas de Montes Claros, que atuam como voluntários. Por intermédio do projeto, são oferecidos aos pacientes internados e seus acompanhantes, cortes de cabelos e outros serviços, com as atividades acontecendo numa tenda instalada no pátio do hospital.

Para o reitor da Unimontes, professor Paulo César Gonçalves de Almeida, "as ações de voluntários no âmbito do Hospital Universitário Clemente de Faria reforçam e consolidam a humanização no atendimento à população, permitindo, ainda, reafirmar o compromisso da Universidade com a sociedade regional". Opinião semelhante é oferecida pela diretora administrativa do HUCF, Joelina Conceição Alves de Almeida, para quem "o projeto é mais uma ação em prol da humanização do atendimento, resgatando a auto-estima e contribuindo para o pleno restabelecimento dos pacientes".

Em março último, foi concluído curso de formação de cabeleireiros, ministrado no Hospital Universitário, por intermédio do mesmo projeto. No curso, iniciado em setembro de 2005, sendo qualificados 24 profissionais, que durante as atividades, atenderam 590 pessoas, entre pacientes internados e seus familiares. No mês de abril, começaram as aulas da segunda turma do curso, com a participação de 25 alunos.

O presidente da ONG 'Alimentando Esperanças', pastor Dinilton Pereira da Costa, ressalta que a aprovação do Projeto 'Terapia da Beleza' pelo Ministério da Saúde como prática inovadora na gestão do SUS demonstra o reconhecimento e a grande dimensão do trabalho. "O fato representa a importância do projeto nas ações de qualificação profissional e acolhida humanizada, resgatando a auto-estima e o respeito pelo ser humano dentro do Hospital Universitário Clemente de Faria", afirma o pastor.

Fonte: Unimontes
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.