text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UNESP/Rosana é sede de grupo de estudos interdisciplinar

      
Criado a partir da necessidade de trazer para o interior paulista espaços para o diálogo científico, artístico e filosófico, o Grupo de Estudos sobre Saúde, Subjetividade e Contemporaneidade (GE.SSC) envolve colaboradores dos campi de Assis e Rosana da UNESP, da UNICAMP/FCM, da Fundação Getúlio Vargas e da Escola Paulista de Direito.

Segundo o coordenador geral do GESSC, André Luís Vizzaccaro-Amaral, Professor da UNESP de Rosana e Doutorando pela Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, o objetivo central do grupo é propor atividades que subsidiem, conceitualmente, o tripé sustentador (ensino, pesquisa e extensão) dos cursos de ciências humanas, sociais e de saúde das Instituições de Ensino Superior do interior do estado.

"Nosso intuito é diminuir, ainda que modestamente, a sensação de isolamento que unidades como a de Rosana, da UNESP, têm em relação ao acesso às produções científicas, artísticas e filosóficas desenvolvidas nos grandes centros, como São Paulo e Campinas", esclarece Vizzaccaro-Amaral.

Atualmente, o GE.SSC possui três linhas de pesquisa. A primeira delas é a área de "Ciência e Instituições", coordenada pelo Professor Sergio Augusto Vizzaccaro-Amaral. Já a área de "Estética" é coordenada pelo Psicólogo e pesquisador Fernando Luiz Zanetti, graduado e mestrando em Psicologia pela UNESP de Assis e presidente da ONG CIRCUS - Circuito de Interação de Redes Sociais, de Assis. A área intitulada "Trabalho" é coordenada pelo Professor da UNESP de Rosana e Doutorando pela UNICAMP André Luís Vizzaccaro-Amaral.

"A escolha dessas três linhas de pesquisa derivou-se da própria realidade de pesquisa dos três coordenadores envolvidos, pois tratam das áreas de concentração de suas pesquisas de mestrado e de doutorado", explica André Luís Vizzaccaro-Amaral.

"Dentre as atividades previstas pelo grupo estão a produção de resenhas de livros ligados aos temas, a organização de mesas-redondas em universidades do interior, a produção de artigos científicos e de resumos para congressos, e a elaboração de um web site e de um livro que sintetizem e socializem a produção do grupo, de modo a permitir que outras discussões se somem às nossas, contribuindo para uma reflexão mais cuidadosa acerca de temas como globalização, saúde e subjetividade", adianta Vizzaccaro-Amaral.

Fonte:UNESP
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.