text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFJF: Bióloga recebe prêmio de turismo sustentável

      
A bióloga formada pela UFJF, Letícia Maria Rodrigues Gomes, foi a primeira colocada na quarta edição do Prêmio SESC UNA- Projetos de Turismo Sustentável. O "Projeto de Revitalização do Artesanato de Taquara em Lavras Novas, Ouro Preto, MG", já havia recebido o prêmio de primeiro lugar no quesito "Projetos a Implantar" na edição de 2004. O projeto é coordenado pela bióloga junto com a ONG ReGar Ouro Preto.

De acordo com Letícia, um dos principais objetivos é estimular, valorizar e desenvolver o artesanato na região, além de incentivar a capacitação dos artesãos no cultivo de mudas para a reposição da matéria-prima. "Reunimos com a comunidade para descobrirmos quais seriam as reais necessidades deles, o que eles precisavam. Isso foi importante para a construção coletiva", explica.

A partir da avaliação realizada, a equipe montou uma oficina de artesanato na comunidade. Segundo a bióloga, o artesanato de taquara é passado naquela região de geração a geração, mas estava se perdendo. "Procuramos incentivar principalmente os jovens para que essa atividade continue forte", declara.

Além disso, o projeto elaborou uma oficina para ensinar os próprios artesãos a cultivar a taquara. "A taquara é uma planta da família dos bambus, muito utilizada no artesanato porque sua fibra é mais fina e fácil de manipular. Mas, ela vem diminuindo ao longo do tempo, por isso a preocupação com o cultivo e a sustentabilidade ambiental", explica a bióloga. A oficina terá orientação do professor de Engenharia Florestal da UFV, Haroldo Nogueira Paiva. A equipe pretende, ainda, fundar uma Associação dos Artesãos.

De acordo com Letícia, o projeto é uma junção da pesquisa acadêmica que foi realizada, com as práticas de ações efetivas nessa comunidade, tendo o objetivo de desenvolver o turismo sustentável na região.

A cerimônia de premiação aconteceu no dia 06 de junho, no Minascentro, em Belo Horizonte. Contou com a presença de entidades ligadas à área de Turismo e Meio Ambiente, como a Associação Brasileira de Agências de Viagens de Minas Gerais - ABAV e a Secretaria de Cultura do Governo de Minas. O projeto tem o apoio institucional da ONG/OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse público) Rede de Gênero e Geração - ReGar - Ouro Preto, a orientação técnica do Prof. Haroldo Nogueira de Paiva (DEF/UFV) e o financiamento do Programa Monumenta (BID/UNESCO).

Fonte: UFJF
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.