text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Finalistas tomam primeira decisão

      

Uma empresa que você nunca viu, não conhece seu histórico, tampouco os seus desafios. Mas que em pouco tempo precisa transformá-la em um empreendimento de sucesso. Não são os clientes, os lucros ou a visibilidade que estão em jogo e, sim, a vitória no GMC Brasil (Global Management Challenge). Hoje, 21 de março, as oito equipes finalistas da disputa estão confinadas em um hotel de São Paulo para resolver os desafios impostos pela competição. Vence a empresa que obtiver os melhores resultados.

O Universia vai acompanhar, durante o dia, cada passo dos finalistas na disputa da grande final do GMC Brasil. Não perca!

Na primeira decisão, as equipes tiveram que analisar o histórico de uma empresa e traçar estratégicas para o seu crescimento e desenvolvimento. Administrar o caixa, investir em marketing, linhas de produção... situações similares às que eles já vivenciaram nas etapas anteriores, mas que, agora, contam com dois fatores que tornam as ações ainda mais difíceis: tempo e ansiedade. "Antes, nós tinham uma semana para tomar as decisões. Na final, há uma ou duas horas para que as estratégias sejam traçadas", afirma Marcelo Takizawa, integrante da ITGO/TAP. "Além do turbilhão de informações, temos que lidar com a pressão do tempo", completa.

Participar da final de um campeonato não é nada fácil. ? preciso muita concentração para que a ansiedade natural do momento não atrapalhe o desempenho da equipe. "Uma expectativa que se transforma em ansiedade. Não dá para negar que dá um frio na barriga, mas que é deixado de lado com as tarefas que temos que desenvolver", diz a líder da equipe ProteuCeos, Elizabeth Soares Miolo.

Mas a confiança também é um sentimento predominante em todas as equipes. "Todos os que chegaram aqui são capazes de levar o prêmio para casa. No entanto, trabalhamos e estudamos muito para vencer essa competição e ultrapassarmos todas as barreiras do jogo", garante o chefe da equipe Milionários, Gustavo Perin. "O próximo passo é ir para Macau, representar o Brasil na final internacional", completa.

Para o vice-presidente do comitê internacional do GMC, Pedro Lopes Alves, ainda é muito cedo para saber das equipes está mais apta para conquistar o título. "Muita coisa pode mudar nas próximas etapas. Esse resultado parcial não significa nada. O GMC é um jogo imprevisível e tudo pode acontecer", conta. Mas a grande vencedora será aquela que conseguir obter uma melhor cotação da ação. "A equipe que construir a empresa que tiver um melhor potencial de mercado, rentabilidade, liquidez e política de dividendo será a premiada", explica.

Confira, abaixo, o resultado dessa primeira decisão.

Taz Management
1.805
ITGO
1.799
Milhonários
1.752
Coppead Innovation
1.628
ProteCeus
1.623
Lluks Inc
1.573
Keynesiana
1.534
Aram
1.515
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.