text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Donos de escolas particulares querem nova data de vestibular

      
O presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Maranhão, Raimundo Figueiredo, afirmou ontem que é interesse da entidade tentar mudar a data do vestibular da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) a partir do próximo ano. Segundo ele, o seletivo da instituição é realizado muito ?tarde?, o que tem implicado em algumas conseqüências negativas tanto para os estudantes do último ano do ensino médio quanto para os pais. Um ofício tratando do assunto já foi encaminhado à Reitoria da UFMA.

De acordo com Raimundo Figueiredo, o fato de o vestibular da UFMA ser realizado cerca de três meses após o encerramento das aulas para os alunos do ensino médio na maioria das escolas da capital obriga pais de alunos a desembolsar dinheiro extra para custear aulas em cursos pré-vestibulares, uma vez que o tempo entre o término das aulas da escola e a realização do seletivo acaba sendo muito longo.

Ele disse que em muitas outras capitais os vestibulares ocorrem já no mês de dezembro ou janeiro. Este ano, por exemplo, o vestibular da UFMA será realizado no próximo domingo, ou seja, quase no fim do mês de março.

"Os estudantes encerram as aulas e têm de entrar para os cursinhos para não perder o ?embalo? do conteúdo. Não sei porque isso ocorre, pois a questão das greves não é uma boa justificativa. Greves também acontecem em outros estados e ainda assim as provas do vestibular das universidades federais são realizadas logo no início do ano", disse Figueiredo.

Mobilização
O presidente disse que acredita na possibilidade de antecipação da data do vestibular nos próximos anos, principalmente se houver uma mobilização dos próprios estudantes. No ofício encaminhado à Reitoria da UFMA, o Sindicato questiona também o alto percentual do sistema de cotas, que ficou em 50%, e a extinção do Programa de Seleção Gradual (PSG).

"Acreditamos que esse percentual referente às cotas poderia ser menor. Na verdade, nem somos a favor desse sistema, uma vez que a discriminação já começa por ele. Com relação ao PSG, somos contra a extinção, pois acreditamos que ele estimula os estudantes a estudarem mais", disse Figueiredo.

Para o pré-vestibulando Diego Batista Linhares, a antecipação do vestibular da UFMA é um assunto que merece atenção. Ele é a favor da mudança. "Tenho certeza que todos os estudantes também são a favor, pois a tensão é muito grande e, se as coisas acontecerem mais rapidamente, com certeza o estresse será menor", justificou ele.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.