text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Medicina da USP em publicações

      
O destaque de uma instituição que tem como uma de suas finalidades o ensino, pode ser avaliado de muitas maneiras. Uma delas, certamente, é constatando-se as publicações originadas dela. Com já quase 55 anos de fundação, aspectos da criação, manutenção e futuro da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP passam cada vez mais a serem analisados.

A escola é uma das marcas do ensino no Brasil. Seu prestígio desde a inauguração em nível alto é uma expressão de justiça. ? sede de ineditismos, inovações e de movimentos aglutinadores. Lentamente o balanço de suas realizações está sendo realizado.

Foi assim com a confecção e lançamento recente do livro "Memórias de Monte Alegre - As histórias do Câmpus da USP de Ribeirão Preto", do lúcido escritor Rubens Zaidan. Escreve-se no prefácio de Rosemeire Soares Talmone e José Aparecido da Silva: "A história se ergue por mãos desconhecidas. Quando vemos diante e nós uma obra de muitos, não vislumbramos as faces individuais daqueles que dedicaram amorosamente suas horas por um objetivo comum. Para entender o mundo e os caminhos que o levaram a ser como ele é, é necessário resgatar estes protagonistas. Assim é também nos muitos universos que compõem a vida das cidades, dos países. Como uma fazenda de café imensa que se transformaria, com décadas de esforços anônimos, em um centro irradiador de cultura e de pesquisas científicas para todo um país. Assim foi, e é, a história da Fazenda Monte Alegre e da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto."

Obra inspirada, com fatos muitos deles desconhecidos, deve ser motivo de cuidadosa e obrigatória leitura pelos interessados.
As realizações da escola ensejaram a realização de uma tese (talvez a primeira), produzida por Marcelo José Araújo e orientada pelo Dr. Paolo Nosella. A tese de título "A Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP (1948 - 1975) foi defendida e aprovada com distinção na Universidade Federal de São Carlos em 12 de março de 2007. Trata-se de enfoque científico da escola destacando seus pródromos, seus fundadores, as contribuições mais relevantes e os impactos na educação médica do Brasil.

Resta aguardar a publicação definitiva desta obra para conhecimento público e o enriquecimento maior ainda da bibliografia sobre o assunto, aproximando-se de duas dezenas em que a cidade de Ribeirão Preto, de forma indireta ou não é participante de grande destaque.
 

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.