text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Na linha da pesquisa

      
Carreira do pesquisador oferece bons salários em universidades e empresas

LéCIA PIRES


Ele é um curioso. E surpreende pais e professores a todo instante. Ao assistir a aula sobre a Idade Média há poucos dias, na 6¦ série, perguntou:

- Ninguém contestava a Igreja?

- Sim, e até de forma organizada. Vamos ver adiante - disse a professora.

Sacha Allebrandt da Silva Ries, 11 anos, não esperou. E, antes do próximo encontro na sala de aula, já tinha respostas. Ele assistiu duas vezes a um filme sobre Lutero e aproveitou a aula para fazer novas perguntas. A curiosidade do estudante é característica do pesquisador, um profissional que pode iniciar a carreira ainda no Ensino Fundamental.

- Meu filho não é estudioso. Mas se interessa por tudo, lê muito e busca informação em diferentes fontes quando quer saber alguma coisa. Não sei se ele será um pesquisador, mas o método científico está no cotidiano e ensina muito - diz Lúcia Ries, professora.

Despertar vocações é tarefa de pais, da escola e também da universidade. Foi o que mostrou a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 2006. Sacha ganhou medalha como pesquisador no 1º Salão UFRGS Jovem, o Salãozinho, como foi chamado o evento que encantou a comunidade científica.

- Eles entenderam e se adequaram à sistemática, ao modelo de apresentação, à concepção e à filosofia de uma pesquisa avançada. Fiquei emocionado - diz o pró-reitor de pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Cezar Augusto Zen Vasconcelos.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.