text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Universidade realiza ações educativas sobre a dengue

      
Nos dias 30 de março (hoje) e 02 de abril, o curso de Enfermagem da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP) desenvolve no campus III ações educativas sobre a dengue. As atividades acontecem a partir das 10h e são voltadas aos funcionários e a comunidade acadêmica. Haverá distribuição de folhetos informativos, palestra, cartazes e dramatização (música e teatro) elaborada pelos acadêmicos do curso.

?Dentro do projeto pedagógico é proposto que o aluno faça algo voltado para a saúde pública. Umas das formas que encontramos de exercer essa ação foi por meio da realização deste trabalho de orientar sobre a dengue os profissionais e acadêmicos do campus. Assim, na disciplina de Educação e Saúde, os estudantes aliam o conhecimento teórico ao prático. Outros trabalhos que envolvem problemas de saúde pública (hipertensão, diabetes, leishmaniose, etc) serão abordados no decorrer do semestre, dentro deste projeto", comenta a coordenadora do curso de Enfermagem da UNIDERP, Elaine Cristina Fernandes.

Doença - O mosquito ãdes ãgypti é o principal vetor da dengue. Ele se desenvolve em qualquer recipiente com água limpa e parada, por isso a prevenção e as medidas de combate à doença exigem a participação da comunidade. Existem duas formas de dengue: a clássica e a hemorrágica. Na primeira, os sintomas geralmente são de febre, dor de cabeça, no corpo, nas articulações e por trás dos olhos. Já na dengue hemorrágica, forma mais grave da doença, é possível ocorrer sangramento.

"A população deve ficar atenta aos possíveis criatórios do mosquito nos quintais de casa. Qualquer recipiente que acumule água pode ter a larva do mosquito, como vasos, pneus, garrafas, entre outros. ? recomendado que seja colocado areia no pratinho debaixo do vaso de planta, deixar garrafa com a boca para baixo e cobrir pneus", alerta a médica e professora da UNIDERP, Luciana Araújo Bento, ressaltando a importância das pessoas irem aos postos de saúde, caso apresentem os sintomas da doença.

A Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul já notificou 59.293 casos de dengue neste ano. De acordo com o Ministério da Saúde, a dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em conseqüência da doença.

A ação promovida pelo curso de Enfermagem da UNIDERP é coordenada pelas professoras Priscilla Fiorin, Luciana Moreno, Sandra do Valle Leone. A UNIDERP Agrárias está localizada à Rua Alexandre Herculano, 1.400, Jardim Veraneio.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.