text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

USP terá estação de medição da qualidade do ar

      
Em breve, estudantes e moradores do entorno da USP que praticam exercícios na Cidade Universitária poderão saber se a qualidade do ar é propícia para a realização de esportes.
O local ganhou uma estação de monitoramento da qualidade do ar, num convênio entre a Cetesb e o Ipen (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares). Um relógio de rua irá informar se a qualidade do ar está boa, regular, inadequada, má ou péssima -como o que existe no parque Ibirapuera.
A cidade toda lucrará com a estação. Por estar num ponto alto e longe de vias de grande circulação de veículos, ela medirá de forma precisa a concentração de ozônio -poluente que mais afeta a capital. Serão analisados também os óxidos de nitrogênio e monóxido de carbono.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.