text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Publicidade auxilia professores

      
Anúncios veiculados em jornais são utilizados como ferramentas pedagógicas

Fabiano Ormaneze

A professora Gleice Marine de Souza, da Escola Estadual (EE) Professor Washington José de Lacerda Ortiz, sabe que, ao levar o jornal para a sala de aula, não só os textos podem suscitar boas discussões com os alunos. Os anúncios e peças publicitárias também são bons recursos. Ela, que é professora de matemática, costuma utilizá-los para ensinar juros e porcentagem. Porém, o trabalho vai além disso, pois há também uma preocupação social e ética. "Trabalhando esses assuntos num anúncio, o aluno acaba percebendo que compensa guardar dinheiro e comprar à vista. Além disso, abordamos a questão do consumismo", explica.

Gleice é umas das participantes do Correio Escola que, no encontro realizado ontem no auditório da Rede Anhangüera de Comunicação (RAC), abordou a publicidade e propaganda e os caminhos para sua utilização na sala de aula. A professora e diretora do curso de publicidade e propaganda da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Flaida Brito Garboggini, foi a primeira palestrante da tarde. Ela abordou a história da publicidade e a importância da formação de um olhar mais crítico para a análise dos comerciais. "O educador tem a função de mostrar que ninguém é obrigado a seguir a moda ou o que é vendido pela propaganda. O consumidor precisa encontrar formas de se proteger", explicou a professora.

A segunda parte do encontro foi com o diretor comercial da RAC, Eduardo Porto. Ele ressaltou as particularidades da publicidade nos veículos impressos, entre elas, a possibilidade de maior detalhamento dos produtos e a flexibilidade dos horários, já que anúncios podem ser inseridos até o fechamento da edição do jornal.

Ao avaliar a importância do debate sobre o tema com os educadores, a coordenadora do Correio Escola, professora Cecília Pavani, reforçou que a propaganda auxilia nos trabalhos interdisciplinares. "A publicidade é um espelho da sociedade, o que inspira o professor a usá-la em sala de aula", disse. Para ilustrar, ela citou a evolução histórica que pode ser abordada a partir da comparação de comerciais de diferentes períodos. A transformação do papel da mulher, por exemplo, é um dos fatores que fica evidente nessa comparação.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.