text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Paraná pode ter curso de controladores de vôo

      
A Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) aguarda um parecer da Infrãro para lançar um curso de formação de controladores de vôo e gestão de tráfego aéreo. A idéia ganhou apoio com o anúncio do presidente da Infrãro, José Carlos Pereira, - na semana passada, em meio ao motim dos controladores - sobre a necessidade de criação de cursos técnicos ou universitários. A proposta surgiu em outubro do ano passado, em uma reunião no Ministério da Defesa, logo após o início da crise dos controladores de vôo.

De acordo com o presidente da Faculdade de Ciências ãronáuticas da UTP e presidente da Escola Paranãnse de Aviação (EPA), Djalma Farias, os novos cursos teriam a duração de dois anos e subdivididos em módulos, que proporcionaria o aproveitamento de mão-de-obra em apenas seis meses de estudos. "Pensamos em racionalizar os recursos humanos", diz.

A formatação dos cursos segue instruções da Organização Internacional de Aviação Civil (Icao) e da Euro Control - entidade responsável pelo espaço aéreo de países da Europa. Segundo Farias, a abertura dos novos cursos ainda depende do comprometimento por parte da Infrãro da criação de um Plano de Carreira da função e da garantia de abertura de concurso público. Além de uma futura homologação do Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea).

Atualmente cerca de 3 mil controladores, entre civis e militares, atuam no país e apenas duas escolas cuidam da formação desses profissionais e são subordinadas à ãronáutica. A assessoria de imprensa da Infrãro informou que ainda não possui detalhes sobre a criação de novos cursos.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.