text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Reitores avaliam novo modelo de ensino

      
Reitores de universidades federais, estaduais e municipais se reuniram ontem, em Brasília, para discutir o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), da Secretaria de Educação a Distância, do Ministério da Educação (MEC). O objetivo do encontro foi apresentar o programa às instituições estaduais e municipais, que a partir de agora podem aderir à iniciativa.

O encontro completa um ciclo de convite a universidades públicas para aderirem o Programa da Universidade Aberta do Brasil, a fim de conseguir um sistema mais forte e capacidade de oferta maior.

O diretor de Políticas em Educação a Distância do MEC, Hélio Chaves Filho, destaca a importância da participação de todas as instituições de Ensino Superior. "A adesão vai complementar uma necessidade de que mais instituições ofereçam esses cursos. A UAB não pode contar só com instituições federais, no sentido de que nós precisamos de um sistema com uma capacidade de oferta muito maior, dado nosso déficit na educação superior", diz.
Segundo ele, hoje, somente 10% dos jovens de 18 a 24 anos têm acesso a universidades. "Isso acontece por vários motivos. Precisamos de um modelo flexível para levar a educação Superior para o interior", completa.

A UAB é uma iniciativa que tem objetivo de levar a educação superior ao interior do País. O sistema já conta com 290 pólos de apoio presencial que promovem atividades educacionais. As universidades estaduais e municipais podem aderir à UAB até o dia 20 de abril.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.