text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ensino público e à distância

      
Previsão para 2007 é de salto na oferta de graduação na rede pública do Estado

Uma rede gaúcha de ensino à distância começa a se formar hoje, às 11h, em Porto Alegre. Representantes de oito instituições assinam, na reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), convênio para a oferta conjunta de seis cursos superiores de licenciatura em 19 cidades do Estado.

A rede, com financiamento do Ministério da Educação (MEC), abrirá 300 vagas em cada uma das graduações previstas - Geografia, Artes Visuais, Biologia, Letras (espanhol e inglês) e Matemática. Poderão participar apenas professores em exercício, mas a experiência anuncia um crescimento da modalidade na rede pública e comunitária. A previsão de vestibular é para o final deste semestre.

- A novidade de 2007 será o forte crescimento da oferta de cursos à distância no sistema público federal. Começamos com menos de 10 universidades oferecendo graduação e estamos com mais de 50 instituições - diz Ronaldo Mota, secretário de Educação à Distância do Ministério da Educação.

Conforme o secretário, os indicadores mostram que alunos de educação à distância detectam que foram mais exigidos, o que estimula a auto-disciplina e a capacidade de aprender, o que reflete positivamente no futuro profissional. Por isso, a modalidade cresceu tanto no país e precisa agora se consolidar por meio da qualidade.

- Recebemos denúncias e já temos uma portaria que exige qualidade nos pólos presenciais. Isso é típico de um grande crescimento. Os alunos devem ter boas condições de ensino, exigir instituições credenciadas e orientação pessoal dos professores. Educação à distância não significa ausência de etapas presenciais - diz.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.