text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Computador à noite causa insônia

      

Jovens que permanecem muito tempo em frente ao computador à noite apresentam má qualidade do sono e sonolência diurna, sendo mais suscetíveis a alterações no humor, entre outras conseqüências. As constatações estão na pesquisa de mestrado da psicóloga Gema Galgani de Mesquita Duarte, recém-apresentada na Faculdade de Ciências Médicas (FCM), da Unicamp (Universidade de Campinas). Para fundamentar seu trabalho, a pesquisadora ouviu 160 adolescentes entre 15 e 18 anos.

Pelo estudo, 66,25% dos jovens foram classificados como ?maus dormidores?, e o horário de maior freqüência em frente à máquina ocorre no período entre 17 horas e 3 horas da madrugada, durante a semana. Nos finais de semana, a situação fica ainda mais grave ? a maioria fica entre as 18 horas e 6 horas da manhã.

A luz emitida pelo monitor afeta diretamente a produção de melatomina, hormônio responsável pelo sono, levando à latência ou ao acesso tardio do sono. Uma noite bem-dormida é fundamental para a faixa etária pesquisada. Segundo Gema Duarte, trata-se de uma fase de transição, marcada por conflitos e adaptação a novos papéis, e o equilíbrio psíquico e emocional é importante neste estágio. Dependendo do horário em que o sono é interrompido, é reduzido justamente o sono de ondas lentas, responsável pelo hormônio do crescimento. Também está comprovado, por estudos científicos, que até mesmo o ato de sonhar faz parte da qualidade do sono. Quem não sonha, tem mais chances de desenvolver transtornos psiquiátricos.

A pesquisa, orientada pelo professor Rubens Reimão, um dos maiores especialistas na área do país, também relacionou a qualidade do sono ao nível de estresse entre os adolescentes e ao aproveitamento escolar. Observou-se uma redução drástica no período de sono e, conseqüentemente, maior freqüência de cochilo e elevado índice de estresse em alunos que estudam no período matutino. O ideal é que tenham de nove a dez horas de sono diário.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.