text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Evento discute acesso de negros à universidade

      
Encontro promovido pela UNE reuniu mais de 200 estudantes para debater sistema de cotas

Alessandra Aquino

A Universidade Federal da Bahia (UFBA) foi sede do 1º Encontro Nacional de Estudantes Negros e Cotistas, que teve como objetivo discutir a ampliação do acesso de afro-brasileiros à universidade.

O evento, organizado pela União Nacional dos Estudantes (UNE), reuniu 210 universitários na sexta-feira e no sábado com a proposta de elaborar uma pauta para o próximo congresso da entidade e definir a linha política da UNE para a questão racial, de acordo com Helen Barcellos, estudante da Universidade Estadual do Rio de Janeiro e membro da comissão organizadora do encontro.

Na abertura do evento foi discutido o tema "Cotas e estatuto da igualdade racial", com um debate sobre as políticas governamentais de promoção da igualdade racial.

No sábado, pela manhã, as discussões giravam em torno da luta por uma universidade democrática e popular.

· tarde os participante debateram "o desafio da permanência", que questionava como os estudantes negros de baixa renda conseguem se manter na universidade.

No final do encontro, os estudantes também se posicionaram contra a redução da maioridade penal, considerada por eles uma espécie de criminalização da pobreza.

Para Maiara Oliveira, estudante da UFBA e diretora de Combate ao Racismo da UNE, é importante que as pessoas entendam qual é o papel da educação na luta contra a segregação racial. "? muito bom contarmos em um evento como esses também com a participação de colegas que não são negros porque a luta não é só nossa. O processo de conscientização é bom para os dois lados", afirmou Maiara.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.