text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Concurso para professor: candidatos queriam prova mais difícil

      
A maioria dos candidatos às 3.442 vagas do processo seletivo para professor pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), ocorrido ontem, achou que a avaliação não está no nível da função que será exercida. O principal argumento é que qualquer pessoa com bagagem de conhecimento razoável (ainda cursando da 5¦ à 8¦ série) teria capacidade de responder as perguntas sem dificuldades. Os aprovados irão atuar na região metropolitana e no interior nos níveis fundamental e médio.

Em Salvador, as provas deixaram os participantes insatisfeitos. Um aprovado no concurso de 2006 para professor titular, que preferiu não se identificar pois ainda não foi convocado, se disse arrependido de ter feito a prova. "Qualquer aluno meu poderia fazer. A questão que pedia o nome do mosquito transmissor da dengue é uma piada", indignou-se.

Citando como mais um exemplo de facilidade a questão que pedia o nome do autor dos projetos das primeiras e principais edificações de Brasília, a candidata Zaíra Gazel Alves de Assis concorda: "Todos sabem que foi Oscar Niemeyer. Boa parte das questões era assim".

Nível ? A Universidade Estadual da Bahia (Uneb), responsável pelas provas, se defende. "As avaliações foram feitas de acordo com o nível dos candidatos. O principal objetivo é atender ao interior. O contingente é temporário e para suprir carências imediatas. Não houve redação nem texto, mas o nível não foi baixo", explicou Norma Neide Morãs, membro da comissão para Processo Seletivo Simplificado de Seleção Pública.

No edital, é exigido do participante ter nível médio, superior completo ou cursar a partir do 6º semestre. "O conceito de difícil é relativo, nem todas as questões poderiam ser respondidas sem interpretação. Na hora da correção vamos saber se tanta gente acertou tudo", ponderou Norma.

A coordenadora de Educação Superior da Secretaria Estadual de Educação, Gelcivânia Silva, ressalta o preparo da equipe. "Confiamos na Uneb. Mesmo com essa interpretação da prova, que é subjetiva, não podemos generalizar. Não é só a avaliação que seleciona. Ainda tem a prova de títulos, que observa a formação inicial, a continuada e a experiência dos candidatos", assegurou Gelcivânia Silva.

Convidados pela equipe de reportagem, dois alunos, um da 6¦ série do ensino fundamental e outro da 1¦ série do ensino médio, realizaram a prova de conhecimentos gerais e biologia. Acertaram 14 das 20 questões.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.