text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

UFPB define a implantação do sistema de cotas

      
JULIANA BRITO

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) anunciou para este ano a implantação do sistema de cotas para estudantes de escola pública, negros, indígenas, quilombolas e pessoas com necessidades especiais. A proposta inicial da Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da instituição é reservar 50% das 4.437 vagas oferecidas no PSS às pessoas provenientes de escolas da rede pública de ensino.

Deste total, 20% seriam destinados a negros, 2,5% para a comunidade quilombola, 2,5% para indígenas e 5% para pessoas com necessidades especiais. A novidade poderá ser adotada a partir do Processo Seletivo Seriado (PSS) 2008. As informações foram repassadas pelo titular da PRG, Umbelino de Freitas Neto.

Ele sinalizou positivamente para a implantação de cotas durante o seminário "A luta de Zumbi dos Palmares não acabou: política de educação, cultura e arte afro-brasileira", realizado no Centro de Educação da UFPB no final do mês passado.

"Mais de 45 universidades públicas brasileiras já adotaram o sistema. A UFPB vai começar a trabalhar a implantação ainda este ano", declarou Umbelino, ressaltando que a proposta da PRG ainda não é definitiva "e ainda pode sofrer alterações". O pró-reitor de Graduação afirmou ter elaborado um documento contendo a proposta inicial da instituição.

O texto foi encaminhado para todos os centros de ensino da universidade. Os diretores de centro terão até o final de maio próximo para encaminhar resposta à PRG contendo propostas. "Em seguida, iremos encaminhar para o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), que vai dar a decisão final", informou Umbelino. Ele garantiu que, até o final de junho próximo, "tudo tem que estar discutido".

A implantação do sistema de cotas já a partir do próximo Processo Seletivo Seriado da Universidade Federal da Paraíba também depende de aprovação do Consepe. "Eu não propus para 2008, mas a minha idéia é que seja. Tudo isso vai depender dos encaminhamentos. Quando forem definidas as cotas, construiremos uma resolução com todos os critérios definidos", destacou o titular da Pró-Reitoria de Graduação.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.