text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Mapa da aprovação

      
Dedicação na escolha do curso é essencial na primeira etapa de preparação

LéCIA PIRES

Na terceira reportagem da série Mapa da Aprovação, o caderno Vestibular encontrou Júlia Stephanou Nascimento, 16 anos. Como os demais candidatos ao listão 2008 da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ela está no início da caminhada e não quer perder o rumo. Na semana passada, iniciou uma busca importantíssima: participou do primeiro de seis encontros que terá com vestibulandos e psicólogos da UFRGS para refletir sobre a escolha do curso. E teve uma surpresa:

- Vi que não é só eu que estou desesperada. Tem muita gente sem nenhuma perspectiva de escolha, bem pior. Não adianta ficar inseguro e não fazer nada. Não quero chegar na hora da inscrição e marcar qualquer coisa. Achei o grupo legal e divertido - disse Júlia.

Aluna do Colégio Santa Rosa de Lima, Júlia já participou de palestras e orientação sobre as profissões. Mas até agora, nenhuma delas a entusiasmou. Então, aceitou a dica de sua mãe e de uma amiga, que também passou pelo serviço gratuito da universidade.

- Minha amiga está super feliz na Faculdade de Biomedicina. Espero descobrir as qualidades e habilidades que eu tenho antes do vestibular. O meu maior medo é entrar em um curso e não gostar. Seria uma perda de tempo - diz, acrescentando que fica assustada com a idéia de trabalhar todo dia, e para sempre, na mesma atividade.

O drama de Júlia é igual ao de milhares de vestibulandos. E muito natural. Construir um projeto de vida exige exercício de autoconhecimento e maturidade. Exatamente o que a estudante está buscando.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.