text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Parceria Brasil-Chile

      

Por Lílian Burgardt, de Curitiba

A cada ano, cresce o número de estudantes estrangeiros interessados em fazer um intercâmbio no Brasil. Embora, na maioria das vezes, sejam atraídos pela cidade do Rio de Janeiro, devido a sua imagem no exterior, é inegável que o interesse por nossa cultura está em franca expansão.

Não são apenas os jovens, porém, que têm demonstrado interesse no Brasil. Nações como os Estados Unidos, cujo número de estudantes estrangeiros vindos de nosso país é bastante expressivo, tem voltado os olhos para nós. Além disso, países da própria América Latina têm tido interesse em estabelecer acordos internacionais de cooperação. O Chile é um destes países.

O diretor de relações internacionais da Universidad Mayor, no Chile, René Lara, disse que o interesse dos chilenos no Brasil é muito grande, pois acompanham e percebem o crescimento do nosso país, além de seus desdobramentos internacionais. Segundo Lara, é imenso o potencial de parcerias como entre Brasil e Chile não só para o crescimento de ambos como para o desenvolvimento da América Latina.

"Brasil e Chile têm uma relação de amizade. Fora isso, nós, chilenos, admiramos o país por seu potencial econômico, geopolítico, cultural e comercial. No entanto, o conhecemos pouco. Daí a importância em firmar acordos de cooperação", disse.

Hoje, a universidade de Mayor possui cerca de 200 convênios internacionais, boa parte deles com universidades brasileiras. Como exemplo, Lara citou a Universidade Metodista de São Paulo, a UEM (Universidade Estadual de Maringá), a FAAP (Fundação Armando álvares Penteado) e a UCS (Universidade de Caxias do Sul), entre outros.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.