text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Sociedade civil faz nova sugestão à UFPB

      
JULIANA BRITO

Uma proposta para distribuição de cotas raciais na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) elaborada por representantes da sociedade civil organizada prevê a reserva de 40% das vagas para a população negra e 10% para indígenas. A recomendação diverge da proposição elaborada pela Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da instituição, que propõe 20% para negros residentes na zona urbana, 2,5% para remanescentes de comunidades quilombolas (zona rural), 2,5% para indígenas e 5% para pessoas portadoras de necessidades especiais.

O coordenador do Malungus ? Organização Negra da Paraíba, Carlos Henriques, explica que o documento propõe a junção das cotas para negros das zonas urbana e rural em um único percentual. Segundo ele, existem mais de 30 comunidades remanescentes de quilombos espalhadas pelo interior do Estado. "Minha solicitação, enquanto Malungus, foi diminuir a quantidade para negros e aumentar para indígenas", declarou Carlos. Ele explica que a proporcionalidade proposta pela PRG não está de acordo com a quantidade de negros (56% da população) e indígenas existentes no Estado (aproximadamente 0,29% da população total).

Henriques participou da elaboração da proposta da sociedade civil, junto com lideranças de movimentos sociais, estudantes de graduação e pós-graduação da UFPB, Movimento Indígena Potiguara, além da Comissão de Direitos Humanos da universidade. O documento foi apresentado durante o seminário "Educação e Cultura Afro-brasileira", realizado em março na UFPB. A proposta foi entregue à vice-reitora da instituição, Iara Matos, esta semana, pelos representantes do grupo responsável pela elaboração.

Carlos Henriques disse ainda que o grupo está disposto a discutir a inclusão de 5% para pessoas portadoras de deficiência, dentro dos 40% reservados para negros. "Pedimos o apoio de todos os coordenadores de Centros que compõem o Consuni e Consepe para que aprovem a proposta da sociedade", ressaltou ele.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.