text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

HAC é certificado por ministérios

      
Amaral Carvalho ganha reconhecimento pela eficiência no tratamento de pacientes com câncer atendidos pelo SUS

Ricardo Santana

Os ministérios da Saúde e Educação e Cultura reconheceram o Hospital Amaral Carvalho como "Hospital de Ensino Especializado em Câncer". Até então, no Estado de São Paulo apenas o hospital Pio 12, de Barretos, tinha esse status, conforme Paulo Eduardo de Abreu Machado, diretor reitor da Universidade Corporativa.

Machado enfatiza que, em todo o País, há um número pequeno de unidades hospitalares com a certificação dos ministérios. "Representa para o HAC o reconhecimento dos ministérios a qualidade no tratamento pelo SUS (Sistema énico de Saúde) de pacientes com câncer", salienta.

O HAC atende uma série de pré-requisitos necessários para obter a certificação. Entre eles, o principal é que atenda e faça o acompanhamento completo de pacientes do SUS, prioritariamente. O Amaral Carvalho atende 15% dos novos casos de câncer do Estado de São Paulo pelo SUS, por ano são 5.590. Além desse requisito, é necessária a manutenção de programas de residência médica. Atualmente, o hospital tem cinco programas na área oncológica - urologia, hematologia, cabeça e pescoço, mama e oncologia clínica. O hospital também tem que receber estagiários de outras universidades.

Universidade corporativa

Com a certificação, a Universidade Corporativa Amaral Carvalho (UCAC) ganha ainda maior importância. Machado explica que a UCAC está direcionada para o aperfeiçoamento constante dos profissionais do HAC. "Também abrimos espaço para que outros hospitais façam treinamento aqui e preparamos os multiplicadores de conhecimento", explica.

Atualmente, são atendidos estagiários de medicina da Unesp, USP de Ribeirão Preto, Universidade de Medicina de Catanduva, entre outras. Finalmente, para atender os pré-requisitos é necessário ter uma unidade de pesquisa. "Nós temos uma unidade de pesquisa clínica de renome internacional, cujo diretor estagiou por um ano na Universidade de Bruxelas", afirma Machado.

Recentemente, a Fundação Amaral Carvalho lançou seu Relatório Epidemiológico, publicação brasileira inédita com 31 mil casos novos de câncer registrados, que traz dados públicos, podendo ser acessado por qualquer faculdade, centro de pesquisa, médico ou outros pesquisadores.

O HAC é responsável por 50% dos transplantes de medula óssea, com doadores diferentes, no Estado de São Paulo. Conforme Machado, são 170 transplantes por ano.
  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.