text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ministério da Educação libera verbas para o Cãd

      

O Ministério da Educação liberou R$1,5 milhão para construção da sede
própria do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da
Universidade Federal de Juiz de Fora (Cãd). O Centro, que funciona em um
prédio alugado no bairro Teixeiras, ganhará espaço no campus entre a
Faculdade de Educação Física e Embrapa. O anúncio foi feito nesta manhã
pela coordenadora do Cãd, professora Eleusa Maria Rodrigues, durante a
cerimônia de apresentação da planta da nova sede, elaborada pelas
Pró-Reitorias de Infra-Estrutura e de Planejamento da UFJF.

A solenidade contou com a presença do Vice-Reitor da UFJF, professor José
Luiz Rezende Pereira, do Pró-Reitor de Graduação, professor Eduardo
Magrone e da diretora da Faculdade de Educação, professora Déa Pernambuco,
além dos professores Manoel Fernando Palácios da Cunha e Melo , um dos
fundadores do Cãd, e a professora Lucy Brandão. Integrante do Centro,
Lina Kátia, fez um relato histórico sobre o início do projeto que culminou
com a criação do Cãd. Nosso desejo sempre foi fazer a diferença e a
busca de conhecimento e alternativa para imaginar a educação, afirma.

O Cãd é um núcleo acadêmico da UFJF, de caráter interinstitucional,
formado por uma comissão de professores, sendo referência na prestação de
serviços para a educação pública no Brasil. Atualmente atua em três áreas:
leitura ótica, digitalização, desenvolvimento de sistemas e análise
estatística. Entre os projetos desenvolvidos pelo Centro, destaca-se a
coordenação do Programa Nacional de Inclusão de Jovens: Educação,
Qualificação e Ação Comunitária (ProJovem).

Para a coordenadora do Cãd, Eleusa Maria Rodrigues, a construção de uma
nova sede para o centro é um avanço significativo e sinal de
reconhecimento da Universidade pelos serviços prestados. Ela agradeceu,
também, o apoio do reitor da UFJF, professor Henrique Duque, para que o
projeto pudesse ser executado. A localização atual do Cãd fora do campus,
segundo a coordenadora, dificulta o acesso de todos. A construção de
nossa sede dentro do campus facilita o diálogo entre as várias áreas de
conhecimento e torna o nosso trabalho ainda melhor, completa. Na
cerimônia, o professor Manoel Palácios recebeu a Medalha JK, homenagem que
lhe foi concedida pela UFJF em dezembro passado.

A sede do Cãd terá uma área de 1.600 mý, com dois blocos de um andar
cada. O início da obra está previsto para julho deste ano.

Fonte:UFJF

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.