text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Festa estranha com gente esquisita...

      

Por Lilian Burgardt

Isso ajuda na adaptação...

  • Procure o máximo de informações sobre a empresa;
  • Seja sociável com os demais colegas, não só outros estagiários;
  • Tenha humildade, na adaptação, você está sendo avaliado por isso;
  • Não dê ouvido a fofocas de corredor;
  • Procure uma referência entre os colegas mais experientes;
  • Não tenha vergonha de suas dúvidas. Pergunte sempre!
  • Já ambientado, mostre interesse em aprender e ajudar.
O elevador parou no seu andar. ? hora de você descer, ultrapassar aquele corredor imenso até chegar a sua nova mesa, agora, seu posto de trabalho. Ao seu redor, rostos desconhecidos olham para você com aquela interrogação "Como será esse novato?" Ao mesmo tempo, você olha para eles e pensa: "será que eu vou me dar bem aqui?" O primeiro dia em um novo emprego é sempre uma incógnita. Até você descobrir onde é o banheiro, o café e, principalmente, em quem você pode confiar.

? claro que as empresas costumam programar as boas-vindas para os jovens aprendizes. O objetivo é tornar a adaptação mais fácil. Mas não é bom esperar que a empresa faça tudo por você. Embora o nervosismo seja natural neste período, vale à pena ter um pouco mais de iniciativa e tentar se aproximar dos colegas de trabalho para quebrar o gelo e tirar de letra essa fase de adaptação. "Um bom entrosamento, logo de início, garante mais abertura para perguntar sempre que tiver dúvidas, para discutir as dificuldades que está tendo e, mais, aprender com quem tem a lhe ensinar, o que é fundamental para quem está na posição de estagiário", lembra o diretor de Recursos Humanos da Coca-Cola de Minas Gerais, Wellington Maciel.

Mas nada de chegar no seu colega de trabalho lançando mão da frase: você é quem? E o que faz aqui? Procure se informar sobre a empresa e as atribuições de cada um para não causar má impressão. Vale lembrar que a maior parte das companhias dispõe de web-site com detalhes da empresa, o trabalho da equipe etc. Pautado nessas primeiras informações, cabe se apresentar aos seus colegas e travar uma conversa informal, "há quanto tempo você trabalha aqui? O que levou você a escolher a empresa? Como é o seu trabalho? etc". Isso tudo ajuda a situá-lo melhor em seu novo emprego.

De posse dessas informações sobre os colegas mais antigos é que você conseguirá perceber com quem tem mais afinidade e quem da "velha guarda" pode ser uma espécie de mentor, ajudando-o a se desenvolver na empresa. "Geralmente o mentor é alguém mais experiente. Grandes companhias acabam escolhendo membros das equipes para serem mentores ou padrinhos, facilitando os processos com os estagiários", diz Maciel. Se a sua empresa não tem essa política, a ordem é buscar nos colegas mais antigos qualidades que sirvam como referência para sua vida profissional.

Se você entrou junto a um grupo de estagiários, é natural que, no início, sua interação dentro da empresa fique restrita a eles. Especialistas, porém, recomendam que o estagiário não se feche nesse círculo de amizades. "? preciso interação com as mais diversas pessoas de diferentes setores da empresa, porque, cada vez mais, as companhias buscam profissionais que saibam trabalhar em equipe", defende a gerente da Foco Talentos, empresa organizadora de concursos e processos seletivos de estagiários e trainees, Renata Schmidt.

Chegando junto

Depois de alguns dias, já ambientado, é que você irá começar a desempenhar funções e aprender o seu trabalho. Aí, é que vai perceber a diferença de ter se aproximado dos colegas, conversado mais sobre a empresa, ou seja, ter ido um pouco além do que a companhia ofereceu em termos de adaptação. Nessa hora é que você vai mostrar o seu interesse e disposição como colaborador. Para Renata, ao passo que o estagiário conhece as atribuições de cada um, vale, sim, pedir trabalho mostrando que está disposto a aprender e ajudar caso alguém da equipe esteja sobrecarregado. "Cada dia mais, as empresas buscam o funcionário pró-ativo, dinâmico e que tenha vontade de trabalhar", reforça.

Lógico que você não vai pedir aquela campanha do grande cliente que acabou de entrar. Nessa hora, vale ter humildade e começar por baixo, seja fazendo planilhas e ajudando na execução de tarefas mais burocráticas que, de início, até podem parecer desestimulantes, mas que certamente terão peso na hora de seu superior avaliar seu desempenho. "No começo, o estudante estará mais limitado à tarefas menores, mas ele precisa ver isso como uma primeira etapa e entender que seu desempenho em funções aparentemente menos importantes irão ajudá-lo a subir gradativamente," explica Maciel.

Aliás, humildade é uma característica fundamental para qualquer aprendiz. Chegar botando banca de "sabe-tudo" ou de que se sente pouco aproveitado são erros fatais para qualquer um que esteja em período de aprendizagem. "Os bons líderes saberão enxergar esse comportamento e, rapidamente, darão um jeito de conversar como estagiário para amansar seu ego", diz Maciel. Para não passar por isso ou ser descartado no futuro por não saber trabalhar em equipe, vale decorar o mantra: sua meta como estagiário é aprender, aprender e aprender.

· medida que você for conhecendo mais os colegas e a empresa também ficará por dentro das críticas em relação aos processos da companhia e, claro, as fofocas de corredor que, geralmente, têm como tema o relacionamento interpessoal. Se você ouviu alguma dessas conversas e ficou por fora, nem tente entender ou buscar se aprofundar, são comentários que não levam a nada. "Fofocas são coisas muito sérias e perigosas," alerta Renata.

Agora, se rolou algum boato que afeta diretamente o seu trabalho, o melhor é procurar o seu gestor para tirar dúvidas. "Se o estagiário ouviu que um determinado departamento será extinto e isso terá impacto no seu trabalho, o melhor é não dar ouvido para especulações e procurar o seu gestor para uma conversa franca. "Muitas vezes são apenas boatos, sem nenhuma veracidade", conclui a gerente de talentos.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.