text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Cátedra Memorial da América Latina inicia atividades

      

Do Universia

Tiveram início ontem as atividades da Cátedra Memorial da América Latina. Com aula magna proferida pelo catedrático titular, José Goldemberg, as instituições que integram o convênio entre universidades e governo estadual receberam os oito estudantes latino-americanos que realizarão seus estudos sobre Meio-Ambiente. No evento de ontem, Goldemberg tratou do tema "O Aquecimento Global: A Terra corre perigo?".

"Os currículos dos estudantes aprovados estão muito bons. Creio que teremos oportunidade de desenvolver ótimos trabalhos durante este período", afirma Goldemberg. Entre os estudantes, estão três brasileiros, um argentino, um peruano, um mexicano e dois colombianos.

A Cátedra Memorial da América Latina é uma parceria entre o Memorial, a USP (Universidade de São Paulo), a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas), a UNESP (Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"), a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e a Secretaria de Desenvolvimento.

O objetivo principal da Cátedra Memorial da América Latina é promover a formação de especialistas e criar uma base sólida de conhecimento sobre as questões e os problemas da região. A intenção é produzir este conhecimento com a participação de estudantes de países latino-americanos através do intercâmbio entre as instituições brasileiras instituidoras da Cátedra e as universidades estrangeiras.

"Não tínhamos, antes, essa oportunidade de trocar conhecimento com os países vizinhos da região. Antigamente, quem queria fazer intercâmbio, ia para a Europa ou para os Estados Unidos. Hoje, o Brasil já se firma como referência em estudos sobre o meio-ambiente", diz o professor Goldemberg.

Estrutura do curso

Todo o trabalho do curso é desenvolvido pelos alunos junto ao coordenador, o professor josé Goldemberg. Haverá uma sessão semanal de contato pessoal do docente com os alunos selecionados. Durante a semana, os alunos desenvolverão atividades junto a centros de pesquisa das três universidades. Ao final, estes desenvolvem uma monografia, que fica como resultado do período.

Os principais temas discutidos durante o curso de serão:

1. Poluição do ar, água e solo;
2. Aquecimento global: a Convenção do Clima e o Protocolo de Quioto;
3. Desmatamento e Biodiversidade;
4. Degradação dos oceanos;
5. Custos da proteção ambiental - externalidades;
6. As causas da degradação ambiental:

  • Transporte
  • Indústria
  • Estrutura urbana
  • Produção de energia

7. As leis de proteção ambiental: O Princípio do "poluidor pagador";
8. Licenciamento ambiental no Estado de São Paulo e no Brasil;
9. Camada de Ozônio;
10. Direito Ambiental.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.